Bolsas

Câmbio

Petrobras

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://economia.uol.com.br/album/2013/03/07/conheca-a-historia-da-petrobras.htm
  • totalImagens: 58
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130307181447
    • Petrobras [8964];
Fotos

Primeiro logo da Petrobras, de 1953; clique nas fotos acima para ver os principais momentos da história da estatal brasileira Banco de Imagens Petrobras Mais

A Petrobras foi fundada em 3 de outubro de 1953; na foto, o então presidente Getulio Vargas sanciona a lei 2004, que criava o monopólio estatal do petróleo e a Petróleo Brasileiro S/A (Petrobras) Banco de Imagens Petrobras Mais

A criação da Petrobras foi resultado da campanha popular que começou em 1946, com o histórico slogan "O petróleo é nosso"; na foto, instalação do Congresso Nacional de Defesa do Petróleo, com a presença de Felicíssimo Cardoso e Leônidas Cardoso, entre outros Banco de Imagens Petrobras Mais

Um ano antes da criação da Petrobras, Getulio Vargas visita a Refinaria de Mataripe (atual RLAM, na Bahia); ao incorporar as refinarias de Mataripe e Cubatão, a petrolífera começa suas atividades no Brasil, em 1954 Banco de Imagens Petrobras Mais

Visita do então presidente da República Café Filho e do presidente da Petrobras Arthur Levy ao campo de Nova Olinda Agência Nacional Mais

O presidente da República Café Filho e o presidente da Petrobras Arthur Levy visitam o campo de Nova Olinda, na Amazônia Banco de Imagens Petrobras Mais

A refinaria Duque de Caxias (Reduc), no Rio de Janeiro, foi a primeira construída pela Petrobras; a inauguração foi em 1961 José Vieira Trovão Mais

O presidente da República Juscelino Kubitschek, o presidente da Petrobras Idálio Sardenberg e demais autoridades durante a inauguração da refinaria Duque de Caxias (Reduc), no Rio, em 1961 José Vieira Trovão Mais

Em 1963, é descoberto o campo de Carmópolis, em Sergipe. Até o início da década de 1960, a produção de petróleo no Brasil limitava-se aos poços da região do Recôncavo Baiano. Na foto, trabalhadores no campo de Carmópolis Banco de Imagens da Petrobras Mais

Posse da primeira diretoria da Petrobras Química S/A (Petroquisa), a primeira subsidiária da Petrobras, constituída em 1967 Banco de Imagens Petrobras Mais

Equipe pioneira do campo de Guaricema, na bacia Sergipe/Alagoas, a primeira descoberta de petróleo no mar na Plataforma Continental Brasileira, em 1968; começa a tradição de batizar as descobertas em alto-mar com nomes de animais aquáticos Banco de Imagens Petrobras Mais

Refinaria Gabriel Passos (Regap), inaugurada em 30 de março de 1968 Banco de Imagens Petrobras Mais

Construção do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo A. Miguez de Mello (Cenpes); inaugurado em 1968, no campus da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), consolidou-se como um dos maiores centros de pesquisa da América Latina Banco de Imagens Petrobras Mais

A Petrobras Distribuidora foi criada em 12 de novembro de 1971, herdando 804 postos de gasolina da controladora; em 1974, a empresa assumiu a posição de maior distribuidora de derivados de petróleo do país Banco de Imagens da Petrobras Mais

Construção da refinaria de Paulínia (Replan), que começou suas operações em 1972 Banco de Imagens Petrobras Mais

O Brasil cria, em 1975, o Programa Nacional do Álcool (Pró-Álcool). A proposta era substituir a gasolina pelo álcool para diminuir a dependência do petróleo importado. O país tentava superar a crise gerada pelo choque do petróleo, em 1973. Na foto, o então presidente da Petrobras Shigeaki Ueki abastece veículo durante cerimônia de entrega dos primeiros carros movidos a álcool Banco de Imagens da Petrobras Mais

Em 1979, começa a venda de álcool hidratado como combustível para automóveis. Na foto, posto de combustível equipado com bombas de álcool João Machado/BIP Mais

Refinaria Henrique Lage (Revap), inaugurada em 1980 José Martins Mais

Empregado trabalhando na produção da uréia industrial em unidade da Petroquisa, a primeira subsidiária da Petrobras Banco de Imagens Petrobras Mais

Em 1985, a Petrobras foi a primeira companhia a fazer uma completação submarina --processo para colocar o poço em produção-- sem a utilização de mergulho humano, em profundidade de água de 383 metros, recorde mundial da época. O feito aconteceu na bacia de Campos Geraldo Falcão Mais

O então presidente da República José Sarney, o presidente da Petrobras Armando Guedes Coelho e outras autoridades durante a cerimônia que marcou o início da produção de petróleo no Alto Amazonas, no Campo de Urucu, em 1988 Antonio Francisco Neto Mais

O então presidente da Petrobras Joel Mendes Rennó e o ministro das Minas e Energia Raimundo Brito durante a cerimônia de lançamento da plataforma P-25, a ser instalada no campo de Albacora na bacia de Campos; foi o primeiro campo gigante descoberto na plataforma continental Patrícia Neves Mais

O presidente da República Fernando Henrique Cardoso e o presidente da Bolívia Hugo Banzer durante a cerimônia de inauguração da primeira etapa do gasoduto Bolívia-Brasil, em 1999 Paulo Sub Mais

A sede da Petrobras (à direita) fica ao lado da sede do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), na avenida Chile, Rio de Janeiro; o edifício data de 1967 Rafael Andrade/Folha Imagem Mais

Com 1.968 quilômetros de extensão, a primeira etapa do gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) entrou em operação em 1999; em 2006, o então presidente boliviano, Evo Morales, impôs novas regras para o setor de petróleo e gás no país, e a Petrobras vendeu sua parte para a estatal boliviana YPFB Banco de Imagens da Petrobras Mais

A Petrobras estreou na Bolsa de Valores de Nova York em 2000; o evento contou com a presença do então presidente da controladora da Bolsa norte-americana, Richard Grasso (o 2º à esquerda), do jogador de futebol Pelé e do presidente da Petrobras na época, Henri Philippe Reichstul (centro) NYSE Public Photo Mais

No ano 2000, a Petrobras supera a marca de 1,5 milhão de barris de petróleo extraídos por dia Agência Petrobras Mais

Usina eólica de Macau, no Rio Grande do Norte; inaugurada em 2004, é a primeira eólica da Petrobras Agência Petrobras Mais

Em abril de 2006, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu início à produção da plataforma P-50, no campo de Albacora Leste, na bacia de Campos; foi o marco da autossuficiência em petróleo do Brasil Agência Petrobras Mais

Em 2007, é anunciada a descoberta de petróleo no pré-sal da bacia de Santos, na área de Tupi --hoje campo de Lula Agência Petrobras Mais

Cerimônia de posse da primeira diretoria da PBio, a Petrobras Biocombustíveis, em 2008 Agência Petrobras Mais

Em 2008 é inaugurada a P-51, primeira plataforma SS (semi-submersível) construída no Brasil; para se manter no mesmo lugar, em profundidades superiores aos mil metros, as plataformas SS contam com sofisticados sistemas de amarração Agência Petrobras Mais

Em foto de 2008, o então presidente Lula, Dilma Rousseff e Edison Lobão posam com o primeiro óleo extraído do pré-sal em Jubarte, na bacia de Campos Agência Petrobras Mais

Em 24 de setembro de 2010, a Petrobras oficializou uma emissão de 2,294 bilhões de ações ordinárias (a R$ 29,65 cada) e de 1,78 bilhão de ações preferenciais (a R$ 26,30 cada) Jorge Araújo/Folhapress Mais

Navio Celso Furtado, o primeiro a entrar em operação pelo Promef (Programa de Modernização e Expansão da Frota), em 2011; o projeto integra o PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) e tem como objetivo a construção de navios no Brasil Agência Petrobras Mais

Em 2012, Maria das Graças Silva Foster tomou posse como a primeira mulher a presidir a Petrobras, no Salão Nobre do Edifício Sede da estatal, no Rio de Janeiro Daniel Marenco/Folhapress Mais

Em abril de 2013, 3.550 litros de óleo vazaram no mar de São Sebastião, no litoral de São Paulo, com prejuízos para o meio ambiente. A Petrobras disse que o incidente ocorreu por falhas no processo de inspeção de equipamentos Marcelo Justo/Folhapress Mais

Um incêndio atingiu a refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária (PR), em novembro de 2013. A explosão foi provocada pelo rompimento de um duto de petróleo. Não houve feridos Sindipetro/Divulgação Mais

Foto mostra a refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, comprada pela Petrobras em 2006. O Tribunal de Contas da União condenou 11 diretores da estatal, em julho de 2014, por irregularidades na compra que causaram prejuízo de US$ 792 milhões (R$ 2,04 bilhões) Divulgação/Clui.org Mais

Em março de 2014, tem início a operação Lava Jato, conduzida pela Polícia Federal (PF). A operação começou investigando grupos criminosos que usavam uma rede de lavanderias e postos de combustíveis para movimentar dinheiro ilícito, mas se expandiu: identificou desvio e lavagem de dinheiro envolvendo diretores da Petrobras, as principais empreiteiras do país e políticos brasileiros. Na foto, o juiz federal do Paraná Sérgio Moro, responsável pelas ações penais nos casos que não envolvem políticos Ricardo Borges/Folhapress Mais

Em fevereiro de 2015, foi instaurada uma CPI Mista (Câmara e Senado) para investigar as mesmas suspeitas de corrupção em contratos da Petrobras apuradas pela Lava Jato. A CPI foi encerrada em outubro de 2015, sem grandes avanços Ed Ferreira/Folhapress Mais

Em fevereiro de 2015, a Petrobras anunciou que Graça Foster e outros cinco diretores renunciaram a seus cargos, em meio ao escândalo de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, e à dificuldade de calcular os impactos da corrupção no balanço da estatal André Coelho/Agência O Globo Mais

O então presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, assume o lugar de Graça Foster no comando da Petrobras em fevereiro de 2015. Eleito pelo Conselho de Administração, Bendine não foi bem recebido por investidores e analistas, que esperavam um nome do mercado para assumir o posto Luis Ushirobira/Valor Mais

Após dois adiamentos, a Petrobras finalmente divulgou, em abril de 2015, seus balanços do terceiro e do quarto trimestre de 2014 auditados pela consultoria PricewaterhouseCoopers. O prejuízo da estatal em 2014 foi de R$ 21,6 bilhões, já contando as perdas com a Operação Lava Jato (R$ 6,2 bilhões) e a reavaliação de ativos da empresa (R$ 44,3 bilhões) Luiz Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

Em julho de 2015, o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, anuncia que subsidiária de combustíveis da estatal, a BR Distribuidora, pode ir à Bolsa de Valores Vanessa Ruiz/UOL Mais

O então presidente do Conselho de Administração da Petrobras, Murilo Ferreira, renunciou ao cargo em novembro de 2015. Ferreira, que também é presidente-executivo da mineradora Vale, estava licenciado do cargo desde setembro. Sua saída, no entanto, já era esperada por causa de conflitos com gestão da petroleira e diante de uma crise na mineradora que preside Cecilia Acioli/Folha de S. Paulo Mais

O esquema de corrupção na Petrobras revelado pela Operação Lava Jato concorre ao prêmio de maior escândalo de corrupção do mundo promovido pela Transparência Internacional, entidade que combate a corrupção no mundo. Entre os concorrentes estão os casos de corrupção na Fifa do Banco Espírito Santo, de Portugal Vanderlei Almeida/AFP Mais

Chega em Niterói (RJ), em dezembro de 2015, o navio-plataforma da Petrobras feito na China para uso no pré-sal. O navio tem capacidade para processar até 150 mil barris de petróleo por dia, comprimir diariamente 6 milhões de metros cúbicos de gás natural e armazenar até 1,6 milhão de barris de petróleo Agência Petrobras Mais

Ao longo de 2015, a Petrobras perdeu o selo de bom pagador pelas três principais agências de classificação de risco. A primeira a rebaixar a estatal foi a Moody's, em fevereiro. Em setembro, foi a vez da Standard & Poor's e, em dezembro, da Fitch. O operação Lava Jato e o alto endividamento da petroleira foram os principais motivos que levaram à perda do chamado grau de investimento Arte/UOL Mais

A Petrobras encerra 2015 com 28 ações judiciais individuais abertas nos Estados Unidos por causa da Operação Lava Jato, além de uma ação coletiva. Os processos têm alegações semelhantes. A Petrobras burlou as regras do mercado acionário dos Estados Unidos ao não divulgar corretamente aos investidores o esquema de corrupção na empresa, investigado pela Lava Jato. A empresa inflou ativos para esconder as propinas e quando as denúncias vieram a público os preços dos papéis despencaram, provocando prejuízo para os investidores Karen Bleier/AFP Mais

No início de 2016, a Petrobras revisou seu plano de investimentos para o período entre 2015 e 2019 redução de US$ 32 bilhões no orçamento (de US$ 130,3 bilhões para US$ 98,4 bilhões). Segundo a estatal, o corte foi necessário para adequar os gastos da companhia ao cenário de queda dos preços do petróleo no mercado internacional e à alta do dólar Carol Carmo/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo Mais

Em 20 de janeiro de 2016, o juiz substituto da 3ª Vara Federal do Rio, Vitor Barbosa Valpuesta, aceitou a denúncia do Ministério Público Federal sobre pagamento de propina da empresa holandesa SBM Offshore a funcionários da Petrobras de 1999 a 2012. A denúncia virou uma ação penal tendo como réus os ex-funcionários da Petrobras Jorge Zelada, Renato Duque, Pedro Barusco e Paulo Roberto Buarque Carneiro, além dos ex-representantes da SBM no Brasil Julio Faerman e Luís Eduardo Campos Barbosa Ana Carolina Fernandes/Folhapress - 16.out.2002 Mais

Em 28 de janeiro de 2016, a Petrobras anuncia um reestruturação da empresa com o objetivo de economizar R$ 1,8 bilhão por ano. As mudanças incluem o corte de cargos gerenciais, a fusão de algumas áreas e a centralização de atividades Paulo Whitaker/Reuters Mais

A Operação Lava Jato, da Polícia Federal, completou 2 anos e já teve mais de 20 fases. Em cada uma delas, a PF cumpre mandados de prisões, de buscas e de apreensões. Vários ex-executivos da Petrobras foram condenados: o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, ex-diretor da área Internacional Nestor Cerveró, o ex-diretor de Serviços Renato Duque, o ex-gerente-executivo de Engenharia Pedro Barusco, o ex-diretor de área Internacional Jorge Zelada e o ex-gerente Eduardo Costa Vaz Musa Arte/UOL Mais

A Petrobras foi a empresa listada no Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, que registrou a maior perda de valor de mercado em valores absolutos desde seu ápice, aponta levantamento da consultoria Economatica. O melhor momento para a Petrobras foi registrado em 21 de maio de 2008: a estatal chegou a ser avaliada em R$ 510,3 bilhões. Em 18 de janeiro de 2016, a petroleira passou a valer R$ 73,7 bilhões --uma queda de R$ 436,6 bilhões ou 85,55%, segundo a consultoria Thinkstock Mais

Os 60 mil participantes do principal fundo de pensão da Petrobras são chamados para ajudar a cobrir um rombo de três anos na Petros, fundação que administra a previdência privada da estatal. Sem divulgar o resultado oficial de 2015, a fundação confirmou que o Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP) precisará passar pelo processo chamado de equacionamento, no qual aposentados e trabalhadores da ativa têm um desconto em seus vencimentos Vanderlei Almeida/AFP Mais

Nove anos após a euforia com a descoberta do pré-sal, em 2007, a indústria petrolífera brasileira já não está tão entusiasmada. A reserva de petróleo era a esperança do país para investir em infraestrutura e desenvolvimento em uma época em que o barril do petróleo estava em alta e chegaria a custar US$ 140 em meados de 2008. No entanto, a queda no preço da commodity, que chegou a ser negociada abaixo de US$ 30 o barril no início de 2016, colocou em xeque os planos do país e da petroleira, que ainda enfrenta os impactos da operação Lava Jato Shutterstock Mais

Com o preço do petróleo em baixa, as ações da Petrobras na Bovespa despencaram. Em janeiro de 2016, as ações preferenciais da estatal, que dão prioridade na distribuição de dividendos, caíram abaixo de R$ 5 pela primeira vez desde 2003 Tony Gentile/Reuters Mais

Conheça a história da Petrobras

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos