Bolsas

Câmbio

Ao VivoDireto da Bolsa

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Receita do Facebook cresce 42% no 1º tri, com anúncios em celulares

O Facebook divulgou um aumento de cerca de 42% das receitas trimestrais, ajudadas principalmente por um salto nas vendas de anúncios para telefones celulares. A maior rede social de Internet do mundo afirmou que suas receitas cresceram de US$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre de 2014 para US$ 3,54 bilhões no mesmo período deste ano. As receitas com anúncios foram de US$ 3,32 bilhões, o que representa alta de 46% com relação ao ano anterior. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Petrobras não vai pagar dividendos referentes a 2014

Em seu balanço, a Petrobras não programou nenhum dinheiro para pagar remuneração aos seus acionistas em relação ao ano de 2014. Durante entrevista coletiva, o presidente da empresa, Aldemir Bendine, repetiu que os dividendos "simplesmente" não serão pagos. Os dividendos são a distribuição dos lucro da empresa com os detentores de ações. Até a divulgação do balanço não auditado do terceiro trimestre, a estatal acumulava lucro de mais de R$ 13 bilhões ao longo do ano. No entanto, com a revisão dos resultados para incluir perdas com a corrupção, não "sobrou" lucro para ser distribuído entre os acionistas. Quem tem ações da Petrobras, no entanto, não deve se preocupar com isso agora. Segundo a recomendação de analistas, ações são investimentos de longo prazo, e deve-se considerar o retorno oferecido ao longo dos anos. Deixe sua opinião (Com agências de notícias) Leia Mais

Petrobras perde R$ 6,2 bi com corrupção e tem prejuízo de R$ 21,6 bi

A Petrobras (PETR3PETR4) calculou em R$ 6,194 bilhões as perdas com pagamentos indevidos descobertos pelas investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. A estatal também reduziu o valor de seus bens em R$ 44,3 bilhões, após ter reavaliado uma série de projetos, principalmente a Refinaria Abreu e Lima e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Com isso, a empresa registrou um prejuízo de R$ 21,587 bilhões em 2014, em comparação com lucro de R$ 23,57 bilhões obtido em 2013. O prejuízo foi de R$ 5,339 bilhões no terceiro trimestre e de R$ 26,6 bilhões no quarto trimestre do ano passado. Deixe sua opinião (Com agências de notícias) Leia Mais

Bolsas dos EUA fecham em alta; Nasdaq se aproxima de recorde

Os principais índices das Bolsas dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quarta-feira (22). Os resultados foram influenciados por notícias sobre a potencial expansão da Visa na China e sobre o plano de reestruturação do McDonald's. Segundo dados preliminares, o índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,42%, a 5.035 pontos e se aproximou do recorde de 5.048,62 pontos, atingido em março de 2000. O índice Dow Jones subiu 0,49%, a 18.038 pontos. Já o S&P 500 ganhou 0,51%, a 2.107 pontos. Deixe sua opinião (Com Reuters e Valor)

Dólar cai 0,63%, a R$ 3,008; Bolsa sobe 1,59%, puxada pela Vale

O dólar comercial fechou em queda nesta quarta-feira (22), pela segunda vez seguida. A moeda norte-americana caiu 0,63%, a R$ 3,008 na venda. É o menor valor de fechamento desde 4 de março, quando a moeda valia R$ 2,981. Na sessão anterior, o dólar havia fechado em queda de 0,46%, a R$ 3,027. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,59%, a 54.617,36 pontos. A alta, puxada principalmente pelas ações da mineradora Vale, interrompe uma série de três quedas consecutivas. Na segunda-feira, o índice havia caído 0,36%, a 53.761,27 pontos. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Bolsas da Europa fecham em queda; Portugal cai 1,01%

A maioria das principais Bolsas da Europa fechou em queda nesta quarta-feira (22), com a influência de notícias sobre empresas como Volvo, Tesco e Kering. O mercado de ações em Portugal perdeu 1,01%. A Bolsa de Frankfurt, na Alemanha, caiu 0,6%, e a da Inglaterra recuou 0,49%. Na Espanha, a Bolsa teve queda de 0,2%. Por outro lado, a Bolsa da França subiu 0,36%, e a da Itália avançou 0,32%. Deixe sua opinião (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda e chega a ficar abaixo de R$ 3; Bolsa sobe 1,7%

dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (22), após ter caído 0,46% na segunda-feira. No começo da tarde, a moeda norte-americana chegou a cair quase 1% e ficar abaixo do nível de R$ 3, influenciada por operações pontuais de entrada de recursos estrangeiros. Por volta das 16h20, a moeda norte-americana caía 0,64%, a R$ 3,008 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 1,74%, a 54.696,91 pontos, puxada principalmente pelas ações da Vale. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realizou mais um leilão de rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Importação de soja do Brasil pela China cai 45% em março

A China recebeu 507,3 mil toneladas de soja do Brasil em março, o que representa queda de 45,4% na comparação com o mesmo mês de 2014, informou nesta quarta-feira (22) a Administração Geral de Alfândega do país. No acumulado dos primeiros três meses do ano, o volume somou 535,3 mil toneladas, recuo de 49% na comparação anual. Por outro lado, a China importou em março 3,8 milhões de toneladas de soja dos Estados Unidos --seu principal fornecedor nesta época do ano--, uma alta de 3% na comparação com março de 2014. Desde janeiro, a soja norte-americana entregue na China já soma 14,4 milhões de toneladas, alta de 5%. Deixe sua opinião (Com Reuters) Leia Mais

Preço do minério de ferro salta 4% na China

O preço do minério de ferro no mercado à vista da China subiu cerca de 4% nesta quarta-feira (22), acompanhando o mercado futuro da commodity. O minério com 62% de teor de ferro, referência global, com entrega no porto chinês Tianjin, saltou 4,1% nesta quarta, para US$ 52,90 por tonelada, segundo o índice The Steel Index. A australiana BHP Billiton disse que vai adiar uma expansão na sua produção de minério para 290 milhões de toneladas por ano, tornando-se a primeira grande mineradora global a desacelerar planos de aumento de produção depois da forte queda nos preços do insumo nos últimos meses. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Dólar opera em queda e chega a ficar abaixo de R$ 3; Bolsa sobe 1,9%

dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (22), após ter caído 0,46% na segunda-feira. No começo da tarde, a moeda norte-americana chegou a cair quase 1% e ficar abaixo do nível de R$ 3, influenciada por operações pontuais de entrada de recursos estrangeiros. Por volta das 15h25, a moeda norte-americana caía 0,57%, a 3,0102 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 1,91%, a 54.786,56 pontos, puxada principalmente pelas ações da Vale. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realizou mais um leilão de rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Ações da Vale chegam a subir mais de 9% e puxam alta da Bolsa

As ações da mineradora Vale operavam em alta de mais de 9% nesta quarta-feira (22), após a divulgação de dados de produção da empresa no primeiro trimestre e da alta dos preços do minério de ferro à vista na China. No período, a Vale produziu 74,5 milhões de toneladas de minério de ferro, o que representa um aumento de 4,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. Por volta das 15h15, as ações ordinárias da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, avançavam 9,7%, a R$ 19,45. Os papéis preferenciais (VALE5), com prioridade na distribuição de dividendos, subiam 8,74%, a R$ 16,30. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Após cair 3%, ação da Petrobras passa a operar em alta superior a 1%

Após chegar a cair quase 3% durante a manhã, as ações da Petrobras inverteram a tendência e passaram a operar em alta no começo da tarde desta quarta-feira (22). Investidores seguem na expectativa sobre a divulgação do balanço auditado da empresa, referente a 2014, previsto para a noite desta quarta. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Por volta das 15h15, os papéis ordinários da estatal (PETR3), com direito a voto em assembleia, subiam 1,44%, a R$ 13,43. As ações preferenciais, com prioridade na distribuição de dividendos (PETR4), avançavam 0,99%, a R$ 13,22. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Aneel aprova reajuste médio de 11,25% na conta de luz da Celpe, em PE

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta quarta-feira (22) um aumento médio de 11,25% na conta de luz da distribuidora pernambucana Celpe, do grupo Neoenergia. O aumento serã aplicado a partir de 29 de abril. Para os consumidores de baixa tensão, como as residências, as contas vão subir 11,44%, em média, enquanto para os de alta tensão, como as indústrias, o aumento médio será de 10,91%. A Celpe abastece 3,2 milhões de clientes em 184 municípios de Pernambuco. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Lucro da Boeing salta 38% no 1º tri, com mais entregas de jatos

O lucro líquido da Boeing no primeiro trimestre aumentou 38%, informou a companhia nesta quarta-feira (22). A alta foi impulsionada, em grande parte, pela produção de aeronaves comerciais. O lucro líquido subiu de US$ 965 milhões, ou US$ 1,28 por ação, nos três primeiros meses de 2014, para US$ 1,34 bilhão, ou US$ 1,87 por ação, no mesmo período deste ano. A receita cresceu 8%, para US$ 22,15 bilhões. A companhia entregou 184 aeronaves comerciais, uma alta de 14% na comparação com o ano anterior. Isso ajudou a impulsionar a receita do negócio de jatos comerciais em 21%, para US$ 15,4 bilhões. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Bolsa quer que 20% dos conselhos de estatais sejam independentes

A BM&FBovespa quer que os conselhos de administração de empresas controladas pelo governo tenham ao menos 20% de membros independentes. A sugestão faz parte de um documento com diretrizes de governança para estatais que será submetido a audiência restrita. O documento, que recebeu apoio dos ministérios da Fazenda, do Planejamento e da CVM (Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado financeiro, também quer vedar que os conselhos tenham representantes de órgãos reguladores. O documento sugere ainda proibir que uma mesma pessoa ocupe os cargos de presidente do conselho e presidente-executivo. A Bolsa quer que o regulamento, de adesão voluntária, seja divulgado em 30 de junho. Entre as sugestões estão também a criação de comitês de auditoria estatutário e de nomeação, responsável por garantir que os administradores nomeados tenham qualificação mínima para o cargo. Deixe sua opinião (Com Reuters) Leia Mais

Após cair 3%, ação da Petrobras passa a operar em alta

Após chegar a cair quase 3% durante a manhã, as ações da Petrobras inverteram a tendência e passaram a operar em alta no começo da tarde desta quarta-feira (22). Investidores seguem na expectativa sobre a divulgação do balanço auditado da empresa, referente a 2014, previsto para a noite desta quarta. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Por volta das 14h20, os papéis ordinários (PETR3), com direito a voto em assembleia, subiam 1,28%, a R$ 13,41. As ações preferenciais, com prioridade na distribuição de dividendos (PETR4), avançavam 0,46%, a R$ 13,15. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Ações da Vale chegam a subir mais de 8% e puxam alta da Bolsa

As ações da mineradora Vale operavam em alta de mais de 8% nesta quarta-feira (22), após a divulgação de dados de produção da empresa no primeiro trimestre e da alta dos preços do minério de ferro à vista na China. No período, a Vale produziu 74,5 milhões de toneladas de minério de ferro, o que representa um aumento de 4,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. Por volta das 14h20, os papéis preferenciais da Vale (VALE5), com prioridade na distribuição de dividendos, subiam 7,27%, a R$ 16,08. As ações ordinárias (VALE3), com direito a voto em assembleia, avançavam 8,29%, a R$ 19,20. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Dólar opera em queda e chega a ficar abaixo de R$ 3; Bolsa sobe 1,5%

dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (22), após ter caído 0,46% na segunda-feira. No começo da tarde, a moeda norte-americana chegou a cair quase 1% e ficar abaixo do nível de R$ 3, influenciada por operações pontuais de entrada de recursos estrangeiros. Por volta das 14h15, a moeda norte-americana caía 0,69%, a R$ 3,006 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 1,51%, a 54.573,80 pontos, puxada principalmente pelas ações da Vale. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realizou mais um leilão de rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Dólar opera em queda e chega a ficar abaixo de R$ 3; Bolsa sobe 1,5% - Mauricio Lima - 24.out.2008/AFP

Vendas da Roche sobem 3% no primeiro trimestre

As vendas da Roche, maior fabricante de medicamentos contra câncer do mundo, superaram expectativas e subiram 3% no primeiro trimestre. As vendas da farmacêutica subiram de 11,5 bilhões de francos, nos três primeiros meses de 2014, para 11,83 bilhões de francos (US$ 12,4 bilhões) no mesmo período deste ano. A Roche, que pagou um dividendo de 8 francos por ação em 2014, disse planejar elevar mais o pagamento em francos suíços. A companhia disse, ainda, estar avaliando possíveis compras de produtos e tecnologias, segundo o presidente-executivo, Severin Schwan. Deixe sua opinião (Com Reuters) 

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 3,01; Bolsa sobe

dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (22), após cair 0,46% na última sessão. Por volta das 13h30, a moeda norte-americana caía 0,66%, a R$ 3,007 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 1,15%, a 54.379,39 pontos. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realizou mais um leilão de rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Receita líquida da Randon recua 28% no 1º trimestre

A receita líquida da fabricante de implementos rodoviários e autopeças Randon (RAPT4) caiu 27,9% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período de 2014. Segundo informações divulgadas pela empresa nesta quarta-feira (22), a receita foi de R$ 696,8 milhões. Apenas em março, a queda na receita foi de 20,1%, a R$ 295 milhões, acrescentou a companhia. O momento é de fraqueza do mercado interno de caminhões e implementos rodoviários. A Randon informou no fim de março que esperava receita líquida consolidada de R$ 3,2 bilhões em 2015, uma queda de cerca de 15% sobre o faturamento obtido em 2014. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Ação da Petrobras chega a cair 3% com expectativa sobre balanço

As ações da Petrobras operavam em queda nesta quarta-feira (22) e chegaram a cair quase 3%. Investidores seguem na expectativa sobre a divulgação do balanço auditado da empresa, referente a 2014, previsto para a noite desta quarta. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Por volta das 12h40, as ações preferenciais da Petrobras, com prioridade na distribuição de dividendos (PETR4), caíam 1,07%, a R$ 12,95. Os papéis ordinários (PETR3), com direito a voto em assembleia, recuavam 0,6%, a R$ 13,16. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Brasileira WEG compra negócio de transformadores na África do Sul

A fabricante de equipamentos eletroeletrônicos WEG (WEGE3) fechou acordo para adquirir o negócio de produção de transformadores de alta tensão, mini subestações, disjuntores moldados e serviços correlatos da TSS Transformers, com sede na África do Sul. É a segunda aquisição da brasileira no segmento de transformadores no país africano. Os negócios ficam nas proximidades de Johanesburgo, em uma área de 45 mil metros quadrados, informou a WEG nesta quarta-feira (22), sem revelar o valor da transação. A compra está sujeita ao cumprimento de certas condições e à aprovação de autoridades sul-africanas. Também na África do Sul, a WEG havia adquirido anteriormente o negócio de fabricação de transformadores e mini subestações pertencentes à Hawker Siddeley Electric Africa, em 2013, formando a subsidiária WEG Transformers Africa. Deixe sua opinião (Com Reuters) 

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 3,01; Bolsa sobe

dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (22), após cair 0,46% na última sessão. Por volta das 12h30, a moeda norte-americana caía 0,74%, a R$ 3,005 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,81%, a 54.196,99 pontos. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realizou mais um leilão de rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

BC faz rolagem de 10,6 mil contratos de dólar

O Banco Central realizou nesta quarta-feira (22) mais um leilão para rolar os contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Foram vendidos 10,6 mil swaps: 10 mil com vencimento em 1º de março de 2016 e os outros 600 para 3 de outubro do ano que vem. A operação movimentou o equivalente a US$ 518,7 milhões. Até o momento, o BC rolou US$ 7,203 bilhões, ou o equivalente a cerca de 71% do lote total com vencimento em maio, correspondente a US$ 10,115 bilhões. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Governo aprova venda de unidade de lácteos da BRF para a Lactalis

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou sem restrições a aquisição, pela francesa Lactalis, do negócio de laticínios da BRF (BRFS3). A transação é de R$ 1,8 bilhão, segundo publicação nesta quarta-feira (22) no Diário Oficial da União. O negócio havia sido anunciado pela BRF em setembro de 2014. A Lactalis, que detém a marca Parmalat no Brasil, comprará negócios de captação e processamento de leite e derivados, além de marcas como Batavo e Elegê. O Cade disse que na maior parte dos segmentos de atuação da Lactalis no Brasil, após a aquisição, haverá participação inferior a 10% do mercado. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Ações da Vale chegam a subir mais de 7% após balanço do 1º trimestre

As ações da mineradora Vale operavam em alta de mais de 7% nesta quarta-feira (22), após a empresa divulgar resultado positivo no primeiro trimestre. No período, a Vale produziu 74,5 milhões de toneladas de minério de ferro, o que representa um aumento de 4,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. A alta das ações também é influenciada pelo aumento dos preços do minério de ferro da China. Por volta das 11h30, os papéis preferenciais da Vale (VALE5), com prioridade na distribuição de dividendos, subiam 6,74%, a R$ 16. As ações ordinárias (VALE3), com direito a voto em assembleia, avançavam 7,33%, a R$ 19,03. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 3,02; Bolsa sobe

dólar comercial operava em leve queda nesta quarta-feira (22), após cair 0,46% na última sessão. Por volta das 11h30, a moeda norte-americana caía 0,25%, a R$ 3,0198 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,6%, a 54.082,94 pontos. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realiza mais um leilão para rolar os contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Conselho da Oi aprova criação de duas novas diretorias

O conselho de administração da operadora de telecomunicações Oi (OIBR4) aprovou a criação de duas novas diretorias. Segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira (22), a diretoria de Finanças Corporativas terá responsabilidade sobre as áreas de tesouraria, relações com investidores, M&A (fusões e aquisições) e controladoria. A diretoria Administrativo Financeira ficará a cargo das áreas de suprimentos, contabilidade, serviços financeiros, patrimônio, logística e operações internacionais. O executivo Flavio Nicolay Guimarães foi eleito para o cargo de diretor de Finanças e de Relações com Investidores, assumindo a diretoria de Finanças Corporativas. Marco Norci Schroeder foi eleito para o cargo de diretor administrativo-financeiro. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Vale eleva produção de minério de ferro em quase 5% no 1º tri

A mineradora Vale (VALE3, VALE5) produziu 74,5 milhões de toneladas de minério de ferro nos primeiros três meses deste ano, o que representa um aumento de 4,9% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo relatório divulgado nesta quarta-feira (22). Um aumento na produção no complexo de Carajás, no Pará, ajudou a companhia a registrar sua maior produção de minério de ferro para um primeiro trimestre. Na comparação com o quarto trimestre de 2014, a produção de minério de ferro da Vale caiu 10,2%, devido a "efeitos climáticos". Em geral, os meses chuvosos do verão atrapalham a operação das minas, que são a céu aberto. Deixe sua opinião (Com Reuters)

BRF fecha joint venture para distribuição de alimentos no Reino Unido

A BRF (BRFS3), maior exportadora mundial de carne de frango, firmou acordo com o grupo Invicta Food (IFGL) para a distribuição de alimentos processados nos mercados do Reino Unido, Irlanda e Escandinávia. Segundo informou a BRF nesta quarta-feira (22), a companhia brasileira adquiriu, por 18 milhões de libras, uma participação adicional na joint venture. Já o IFGL aportou sua atual operação, com forte presença no mercado de "food service" no Reino Unido. A BRF vai deter 62% de participação na joint venture e os acionistas atuais do IFGL ficarão com os 38% restantes. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Dólar opera em leve alta, perto de R$ 3,03; Bolsa sobe

dólar comercial abriu os negócios desta quarta-feira (22) em leve alta, após cair 0,46% na última sessão. Por volta das 10h30, a moeda norte-americana subia 0,17%, a R$ 3,032 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,33%, a 53.939,05 pontos. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3, PETR4), referente a 2014, que deve ocorrer nesta quarta, após as 18h. O mercado espera que os números já contabilizem os prejuízos causados pelo esquema de corrupção investigado na operação Lava Jato. Nesta manhã, o Banco Central realiza mais um leilão para rolar os contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Receita da Coca-Cola sobe pela 1ª vez em nove trimestres

A receita da Coca-Cola subiu no primeiro trimestre, impulsionada por um crescimento de 6% na receita da América do Norte, seu maior mercado. É o primeiro aumento em nove trimestres. A receita operacional líquida teve alta de 1,3%, para US$ 10,71 bilhões. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Bolsas da Ásia fecham sem tendência definida; China avança 2,47%

As principais Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem tendência definida nesta quarta-feira (22), influenciadas por estímulos econômicos do governo chinês.  A Bolsa do Japão subiu e chegou ao maior nível desde abril de 2000. O mercado de ações na China subiu 2,47%, e 1,13% no Japão. Em Taiwan, a Bolsa avançou 0,83%, e teve alta de 0,3% em Hong Kong. Por outro lado, a Bolsa da Austrália caiu 0,59%, e a de Cingapura recuou 0,35%. Na Coreia do Sul, o mercado de ações ficou quase estável, com leve queda de 0,04%. Deixe sua opinião (Com Reuters) Leia Mais

Após subir 0,46%, dólar opera em leve alta, perto de R$ 3,03

O dólar comercial abriu os negócios desta quarta-feira (22) em leve alta, após cair 0,46% na última sessão. Por volta das 9h40, a moeda norte-americana subia 0,11%, a R$ 3,031 na venda. Investidores seguem na expectativa para a divulgação do balanço auditado da Petrobras (PETR3PETR4), que deve ocorrer nesta quarta. Nesta manhã, o Banco Central realiza mais um leilão para rolar os contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 4 de maio. Deixe sua opinião (Com Reuters)

Comente as notícias no Direto da Bolsa

O Direto da Bolsa tem espaço para comentários. Deixe sua opinião sobre as principais notícias do dia sobre ações, câmbio e mercado financeiro no Brasil e no mundo.

Grécia: Faltam 400 milhões de euros para fechar contas em abril

O vice-ministro de Finanças da Grécia, Dimitris Mardas, reconheceu nesta quarta-feira (22) que o país tem um problema de caixa e precisa de 400 milhões de euros para suprir todas as suas necessidades até o fim do mês de abril. (Com Efe) Leia Mais

Conversor de moedas

Resultado:

Cursos Online
UOL Cursos Online

Câmbio

Dólar comercial - 21/11/2019 09h30
Compra Venda Variação
Dólar com. 4,2054 4,2072 +0,08%
Dólar tur. 4,1800 4,4400 +0,23%
Euro 4,6608 4,6633 +0,33%
Libra 5,4509 5,4531 +0,55%
Pesos arg. 0,0704 0,0707 +0,28%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Entenda

Bolsas de Valores

Bovespa - 19/11/2019 18h22 - 105.864,18
Variação
Brasil | Bovespa -0,38%
EUA | Nasdaq -0.51%
França | CAC 40 -0.21%
Japão | Nikkei -0.48%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Ações de destaque

Ação Variação Cotação
Veja outras cotações

Álbuns especiais

Commodities

Venda Variação
Petróleo (Brent) US$ 65,030 -0,05%
Ouro US$ 1470,800 -0,08%
Prata US$ 17,092 -0,29%
Platina US$ 914,150 -0,46%
Paládio US$ 1766,135 -0,18%

Fonte Thompson Reuters

Inflação

Índice Mês Valor
IPCA jul.18 +0,33%
IPC-Fipe jul.18 +0,23%
IGP-M jul.18 +0,51%
INPC jul.18 +0,25%

Fonte Thompson Reuters

Indicadores

Valor Atualização
Salário Mínimo R$ 954,00 2018
Global 40 +112,32% 21.Nov.2019
TR 0,0% 21.Nov.2019
CDI +4,9% 21.Nov.2019
SELIC +6,5% 01.ago.2018
IPCA +0,33% jul.18

Fonte Thompson Reuters

Últimas notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos