Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Banco venezuelano vale mais que a Apple por distorção de preços

O que é preciso fazer para tirar da Apple o posto de empresa de capital aberto mais valiosa do mundo? Uma forma de chegar lá é negociar ações na Venezuela, país cuja moeda está fortemente sobrevalorizada. As ações venezuelanas estão subindo no ranking das empresas mais valiosas da Terra, a tal ponto que na semana passada o banco Mercantil Servicios Financieros ultrapassou por um breve período a capitalização de mercado da Apple e agora voltou novamente para o segundo lugar. Outras cinco empresas do top 20 também são venezuelanas, uma miragem causada pelos controles cambiais combinados com a maior inflação do mundo. (Com Bloomberg) Leia Mais

Bolsa sobe e acumula alta de 0,69% na semana; JBS dispara 5,66% no dia

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta sexta-feira (11) em alta de 0,55%, a 67.358,59 pontos. Na véspera, a Bolsa havia caído 1%. Com isso, o índice termina a semana com valorização acumulada de 0,69%. Entre os destaques positivos estão as ações da JBS, que dispararam 5,66%, a R$ 8,40, na maior alta do dia. Os papéis da empresa sofreram fortes variações nesta semana em meio a novos desdobramentos sobre a delação premiada de seus executivos. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar fecha quase estável, a R$ 3,174, e acumula alta de 1,56% na semana

dólar comercial fechou esta sexta-feira (11) praticamente estável, com leve queda de 0,05%, cotado a R$ 3,174 na venda, após três altas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,74%. Com isso, o dólar termina a semana com valorização acumulada de 1,56%. Investidores seguiam de olho nas negociações do governo para a mudança da previsão de rombo nas contas deste e do próximo ano. Nesta sexta, integrantes da equipe econômica refaziam cálculos para fechar as novas metas, que deverão ser anunciadas na próxima segunda-feira (14) junto com outras medidas para cortar gastos. (Com Reuters) Leia Mais

Principais Bolsas da Europa fecham em queda; Espanha perde 1,6%

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em queda nesta sexta-feira (11). O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,01%, a 1.462 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,04%, a 372 pontos, e acumulou desvalorização de 2,8% na semana, o pior resultado desde novembro de 2016. Veja a seguir o desempenho dos principais mercados europeus nesta sessão:

  • Espanha: -1,6%
  • Itália: -1,51%
  • Inglaterra: -1,08%
  • França: -1,06%
  • Portugal: -0,97%
  • Alemanha: -0,24% (Com Reuters)
Leia Mais

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa opera em alta

dólar comercial caía, e a Bolsa operava em alta nesta sexta-feira (11). Por volta das 16h05, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,28%, a R$ 3,167 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,59%, a 67.388,34 pontos. O mercado segue monitorando as tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também o cenário brasileiro, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,16, e Bolsa opera em alta

dólar comercial caía, e a Bolsa operava em alta nesta sexta-feira (10). Por volta das 14h30, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,52%, a R$ 3,159 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,86%, a 67.565,24 pontos. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também o cenário brasileiro, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,16, e Bolsa opera em alta

O dólar comercial caía e a Bolsa operava em alta nesta sexta-feira (10). Por volta das 13h30, a moeda norte-americana tinha queda de 0,44%, a R$ 3,162 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,45%, a 67.292,44 pontos. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também o cenário brasileiro, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Kroton mira aquisições de pequenas e médias no ensino superior

A Kroton (KROT3) está focando sua estratégia de aquisições no ensino superior sobre pequenas e médias empresas em mercados em que a companhia, maior do setor no país, ainda não está presente, após ver rejeitada pelo Cade a tentativa de compra da rival Estácio (ESTC3) no final de junho. Em teleconferência com analistas nesta sexta-feira (11), o presidente-executivo da companhia, Rodrigo Galindo, afirmou ainda que a empresa está preparando planejamento estratégico para os próximos anos, algo que poderá incluir a busca de mercados fora do Brasil no médio prazo. (Com Reuters)

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa opera em alta

O dólar comercial caía e a Bolsa operava em alta nesta sexta-feira (10). Por volta das 12h20, a moeda norte-americana tinha queda de 0,16%, a R$ 3,17 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,43%, a 67.278,42 pontos. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também o cenário brasileiro, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Governo Temer cogita cortar gasto do PAC para conter rombo

Além de aumentar as projeções de rombo nas contas de 2017 e 2018, o governo calcula que precisa gerar novas receitas e cortar ao menos R$ 10 bilhões em despesas com servidores e obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para fechar suas contas. A área econômica detectou que os rombos previstos são maiores do que os R$ 159 bilhões que devem ser anunciados segunda (14) como meta para este e o próximo ano. (Com Folha)  Leia Mais

Medida de Trump afeta siderurgia brasileira

O governo de Donald Trump anunciou a imposição de barreiras contra determinados produtos siderúrgicos brasileiros. O anúncio foi feito pelo secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, e as sobretaxas cobradas pelo país poderão chegar a mais de 50%. Nos últimos meses, os dois governos chegaram a tratar do assunto até mesmo em reuniões na OMC (Organização Mundial do Comércio). O Brasil queria garantias de que o processo estava correndo dentro das regras internacionais. (Com Estadão Conteúdo) Leia Mais

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa opera em alta

O dólar comercial caía e a Bolsa operava em alta nesta sexta-feira (10). Por volta das 11h25, a moeda norte-americana tinha queda de 0,2%, a R$ 3,169 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, registrava alta de 0,25%, a 67.157,81 pontos. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também a questão fiscal brasileira, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Governo não cumpriu papel de cortar despesas, diz presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira (11) que a mudança de previsão para o rombo nas contas deste ano será "muito ruim" e significa que o governo não conseguiu cumprir seu papel de cortar despesas. Maia reiterou ainda, em palestra na Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro, que a Câmara não vai apoiar o governo em nenhum tipo de aumento de impostos, e disse que a crise envolvendo o presidente Michel Temer e o erro na expectativa de arrecadação geraram dificuldades para a aprovação da reforma da Previdência. O deputado afirmou que, ainda assim, se mantém otimista para a aprovação da medida, que afirmou ser fundamental para resolver a situação do país. (Com Reuters) 

Há expectativas de mais quedas dos juros, diz presidente do BC

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou nesta sexta-feira (11) que há expectativas no mercado de quedas adicionais da taxa básica de juros, e voltou a defender a necessidade de aprovação das reformas para que o processo de recuo da inflação continue. A Selic está atualmente em 9,25% ao ano, e o BC já indicou que deve manter em setembro o ritmo de corte de 1 ponto percentual adotado nas suas três últimas reuniões. (Com Reuters)  Leia Mais

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa opera quase estável

O dólar comercial caía e a Bolsa operava quase estável nesta sexta-feira (10). Por volta das 10h10, a moeda norte-americana tinha queda de 0,18%, a R$ 3,17 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, registrava leve alta de 0,07%, a 67.039,07 pontos. Na véspera, a Bolsa havia fechado em baixa de 1%. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também a questão fiscal brasileira, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters) 

Petrobras anuncia descoberta de petróleo no pré-sal da Bacia de Campos

A Petrobras descobriu uma acumulação de petróleo no pré-sal da Bacia de Campos, localizada na área do Campo de Marlim do Sul, informou a estatal em comunicado divulgado nesta quinta-feira (10). Segundo a companhia, esta é a primeira descoberta comercial de petróleo no pré-sal da área de Marlim do Sul e ocorreu durante a perfuração de poço conhecido como Poraquê Alto, cuja profundidade alcança 4,5 quilômetros. (Com Reuters)  Leia Mais

Aposentadoria voluntária da Eletrobras tem 2.097 adesões até 14/7

O Plano de Aposentadoria Extraordinária (PAE) da Eletrobras teve a adesão de 2.097 funcionários até 14 de julho, gerando um gasto de R$ 706 milhões no resultado da estatal do segundo trimestre, informou a empresa em balanço. De acordo com a companhia, estima-se que esses desligamentos representarão uma economia de quase R$ 874 milhões por ano. O montante não contempla o PAE da Amazonas GT, ainda a ser realizado. (Com Reuters)  Leia Mais

Dólar abre o dia operando quase estável, vendido perto de R$ 3,18

O dólar comercial abriu os negócios desta sexta-feira (11) operando quase estável, após subir 0,74% na véspera. Por volta das 9h10, a moeda norte-americana tinha leve alta de 0,14%, a R$ 3,18 na venda. O mercado segue monitorando as tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte e também a questão fiscal brasileira, com as negociações para a revisão das previsões de rombo nas contas públicas para 2017 e 2018. (Com Reuters)

Com tensão entre EUA e Coreia, China tem maior queda diária do ano

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em queda nesta sexta-feira (11), com a crescente guerra de palavras entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte levando os índices a acumularem quedas nesta semana. A Bolsa chinesa perdeu 1,59% nesta sexta, a maior queda diária deste ano, e encerrou a semana com desvalorização de 1,6%. Veja as variações dos mercados:

  • Japão: não operou
  • Hong Kong: -2,04%
  • China: -1,59%
  • Coreia do Sul: -1,69%
  • Taiwan: estável
  • Cingapura: -1,31%
  • Austrália: -1,18%. (Com Reuters)
Leia Mais

Conversor de moedas

Resultado:

Câmbio

Dólar comercial - 21/08/2017 16h20
Compra Venda Variação
Dólar com. 3,1707 3,1713 +0,81%
Dólar tur. 3,0400 3,3000 -0,6%
Euro 3,7443 3,7466 +1,19%
Libra 4,0880 4,0900 +0,88%
Pesos arg. 0,1824 0,1835 +0,88%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Bolsas de Valores

Bovespa - 21/08/2017 16h23 - 68.600,01
Variação
Brasil | Bovespa -0,17%
EUA | Nasdaq -0.31%
França | CAC 40 -0.52%
Japão | Nikkei -0.40%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Ações em destaque

Ação Variação Cotação
Veja outras cotações

Commodities

Venda Variação
Petróleo (Brent) US$ 52,250 +2,21%
Ouro US$ 1292,400 0,0%
Prata US$ 17,080 +0,32%
Platina US$ 987,000 +0,15%
Paládio US$ 939,250 -0,11%

Fonte Thompson Reuters

Inflação

Índice Mês Valor
IPCA jul.17 +0,24%
IPC-Fipe jul.17 -0,01%
IGP-M jul.17 -0,72%
INPC jul.17 +0,17%

Fonte Thompson Reuters

Indicadores

Valor Atualização
Salário Mínimo R$ 937,00 2017
Global 40 +112,32% 21.Ago.2017
TR 0,0% 21.Ago.2017
CDI +9,14% 21.Ago.2017
SELIC +9,25% 26.jul.2017
IPCA +0,24% jul.17

Fonte Thompson Reuters

Últimas notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos