Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Raízen paralisa duas usinas de SP por 2 anos diante da falta de cana

A Raízen, maior grupo sucroenergético do mundo, decidiu suspender as atividades industriais de duas usinas no interior de São Paulo, por um período inicial de dois anos, dada a falta de matéria-prima para processamento, informou a companhia nesta terça-feira (14). (Com Reuters)  Leia Mais

Bolsa cai 2,27% e fecha no menor nível desde agosto; Petrobras desaba

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (14) em queda de 2,27%, a 70.826,59 pontos. É o menor nível desde 23 de agosto (70.477,63). Na véspera (13), a Bolsa subiu 0,43%. O resultado desta terça-feira foi influenciado, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, que desabaram 8,18%. (Com Reuters)  Leia Mais

Eletrobras deve começar venda de negócios no próximo mês, diz CEO

A Eletrobras deve começar já em dezembro um processo para a venda de fatias minoritárias em negócios de geração eólica e linhas de transmissão, disse nesta terça-feira (14) o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr., que prevê que recursos obtidos com o processo poderão entrar no caixa da companhia no primeiro semestre do ano que vem. (Com Reuters)  Leia Mais

Dólar tem 3ª alta e fecha a R$ 3,309, maior valor em mais de 4 meses

dólar comercial fechou esta terça-feira (14) em alta de 0,33%, cotado a R$ 3,309 na venda. É a terceira valorização diária seguida e o maior valor desde 4 de julho (R$ 3,31). Na véspera (13), a moeda norte-americana subiu 0,55%. (Com Reuters) Leia Mais

Maioria das Bolsas da Europa fecha em queda; Portugal sobe 0,2%

A maioria das Bolsas da Europa fechou com ganhos nesta terça-feira (14). Veja as variações: 

  • Portugal: +0,2%
  • Inglaterra: -0,01%
  • Alemanha: -0,31%
  • França: -0,49%
  • Espanha: -0,59%
  • Itália: -0,63% (Com Reuters) 
Leia Mais

Preocupações com eleição intensificam entrada de empresas na Bolsa

Várias empresas brasileiras estão correndo para ofertar ações na Bolsa antes do fim do ano, em meio a preocupações com a imprevisibilidade das eleições no próximo ano, disseram executivos de bancos e gestores de fundos. (Com Reuters)  Leia Mais

Bolsa cai mais de 1%; dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,31

A Bolsa caía mais de 1% nesta terça-feira (14), e o dólar comercial operava em alta. Por volta das 15h40, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 1,12%, a 71.666,3 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana tinha valorização de 0,2%, a R$ 3,305 na venda, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de resultados de empresas. (Com Reuters)

Latam anuncia novas rotas de SP para EUA e Argentina

A aérea Latam anunciou nesta terça-feira (14) que começou a vender passagens aéreas para a rota São Paulo?Boston (EUA), que será operada quatro vezes por semana, a partir de julho de 2018. A empresa iniciou também as vendas de novas rotas para a Argentina: São Paulo-Mendoza, para voos a partir de março de 2018, e São Paulo-Tucumán, a partir de junho de 2018. Ambos os voos serão operados três vezes por semana. 

Latam anuncia novas rotas de SP para EUA e Argentina - Divulgação

Bolsa cai mais de 1%; dólar opera quase estável, perto de R$ 3,30

A Bolsa caía mais de 1% nesta terça-feira (14), e o dólar comercial operava quase estável. Por volta das 14h30, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 1,26%, a 71.561,96 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana tinha leve alta de 0,06%, a R$ 3,30 na venda, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de resultados de empresas. (Com Reuters)

Dólar opera quase estável, vendido perto de R$ 3,30, e Bolsa cai

O dólar comercial operava quase estável e a Bolsa caía nesta terça-feira (14). Por volta das 13h30, a moeda norte-americana tinha leve alta de 0,06%, a R$ 3,30 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, recuava 0,78%, a 71.910,71 pontos, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de resultados de empresas. (Com Reuters)

Ação da Petrobras opera em queda de 5% na Bolsa

As ações da Petrobras operavam em queda nesta terça-feira (14). Por volta das 13h20, os papéis ordinários (PETR3), que dão direito a voto em assembleia, tinham desvalorização de 5,09%, a R$ 16,59, enquanto as ações preferenciais (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, caíam 4,57%, a R$ 15,88. A Petrobras teve lucro de R$ 266 milhões no terceiro trimestre e pode fechar 2017 com o primeiro lucro anual desde 2013, antes da descoberta do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Foi o quarto trimestre consecutivo com resultado positivo. O lucro, porém, ficou abaixo do esperado pelo mercado. (Com Folha e Reuters) Leia Mais

BNDES lança fundo de R$ 100 mi para impulsionar startups brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está desenvolvendo um projeto de financiamento anjo de cerca de R$ 100 milhões para apoiar startups brasileiras com alto potencial de crescimento. O edital para interessados na gestão do fundo foi lançado nesta terça-feira (14) e o prazo para envio de propostas se encerra em 12 de janeiro de 2018. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar e Bolsa operam em queda; moeda é vendida perto de R$ 3,29

O dólar comercial e a Bolsa operavam em queda nesta terça-feira (14). Por volta das 12h30, a moeda norte-americana caía 0,31%, a R$ 3,288 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, recuava 0,17%, a 72.354,38 pontos, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de resultados de empresas. (Com Reuters)

Presidente do Senado pressiona Temer por MP da reforma trabalhista

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) voltou a defender nesta terça-feira (14) que o governo edite uma Medida Provisória para fazer as modificações acordadas com o Congresso na nova lei trabalhista, que entrou em vigor no último fim de semana. (Com Folha) Leia Mais

Oi retoma programa para pagamento de dívidas até R$ 50 mil

Com o adiamento da assembleia geral de credores para 7 de dezembro, a Oi vai retomar seu programa de acordo com credores, encerrado em 19 de outubro, segundo informou o diretor administrativo e financeiro da operadora de telefonia, Carlos Brandão, em teleconferência de resultados. (Com Valor)  Leia Mais

Investimento da Eletrobras deve cair para R$ 5 bi em 2017, diz presidente

A elétrica estatal Eletrobras deve fechar 2017 com um investimento total de R$ 5 bilhões, uma redução ante os R$ 8,7 bilhões realizados no ano anterior, disse nesta terça-feira (14) o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr., em coletiva de imprensa sobre os resultados do terceiro trimestre. (Com Reuters)  Leia Mais

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,28, e Bolsa opera em alta

O dólar comercial registrava queda e a Bolsa operava em alta nesta terça-feira (14). Por volta das 11h30, a moeda norte-americana caía 0,67%, a R$ 3,276 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,24%, a 72.651,92 pontos, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de balanços de empresas, conforme se aproxima o fim da temporada de divulgações de resultados. (Com Reuters)

Em busca de apoio, governo deve liberar mais de R$ 5 bi do Orçamento

Em busca de apoio no Congresso para a reorganização da base aliada, a ala política do governo pressiona por um desbloqueio de R$ 10 bilhões de despesas do orçamento em novembro. Mesmo com a melhora da arrecadação de tributos, a equipe econômica considera elevado esse valor, mas já prepara uma liberação superior a R$ 5 bilhões. (Com Estadão Conteúdo) Leia Mais

Ação da JBS opera em alta de mais de 5% após divulgação de resultados

A ação da JBS operava em alta nesta terça-feira (14). Por volta das 10h40, os papéis (JBSS3) tinham alta de 5,38%, a R$ 8,43. Ontem (13), a JBS divulgou o balanço do terceiro trimestre com um lucro líquido de R$ 323 milhões, queda de 63,6% em relação ao período do ano anterior. No consolidado dos primeiros nove meses do ano, comparado ao mesmo período de 2016, a companhia reverteu um prejuízo de R$ 317,8 milhões para um lucro de R$ 1,05 bilhão. (Com Folha)  Leia Mais

Ação da Petrobras opera em queda de mais de 2% na Bolsa

As ações da Petrobras operavam em queda nesta terça-feira (14). Por volta das 10h30, os papéis ordinários (PETR3), que dão direito a voto em assembleia, tinham desvalorização de 2,57%, a R$ 17,03, enquanto as ações preferenciais (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, caíam 1,92%, a R$ 16,32. A Petrobras teve lucro de R$ 266 milhões no terceiro trimestre e pode fechar 2017 com o primeiro lucro anual desde 2013, antes da descoberta do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Foi o quarto trimestre consecutivo com resultado positivo. (Com Folha) Leia Mais

Dólar cai, vendido perto de R$ 3,28, e Bolsa opera quase estável

O dólar comercial registrava queda e a Bolsa operava perto da estabilidade nesta terça-feira (14). Por volta das 10h20, a moeda norte-americana caía 0,72%, a R$ 3,275 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha leve queda de 0,07%, a 72.424,91 pontos, diante das expectativas em torno das negociações do governo para avançar a reforma da Previdência e de olho ainda no intenso calendário de balanços de empresas, conforme se aproxima o fim da temporada de divulgações de resultados. Na véspera, a Bolsa fechou em alta de 0,43%.(Com Reuters)

Termina hoje o prazo para adesão de empresas ao parcelamento de dívidas

As empresas com dívidas com a União têm até esta terça-feira (14) para pedir a adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), conhecido como novo Refis. Para pedir o parcelamento, é preciso acessar o Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), no site da Receita Federal na internet, até as 23h59min, horário de Brasília. (Com Agência Brasil) Leia Mais

JBS reduz dívidas, mas lucro cai para R$ 323 milhões no 3º trimestre

No momento em que o empresário Joesley Batista coloca à venda alguns de seus bens pessoais para pagar dívidas, a JBS divulga o balanço do terceiro trimestre com um lucro líquido de R$ 323 milhões, queda de 63,6% em relação ao período do ano anterior. No consolidado dos primeiros nove meses do ano, comparado ao mesmo período de 2016, a companhia reverteu um prejuízo de R$ 317,8 milhões para um lucro de R$ 1,05 bilhão. (Com Folha) Leia Mais

Petrobras lucra R$ 266 milhões no terceiro trimestre

A Petrobras teve lucro de R$ 266 milhões no terceiro trimestre e pode fechar 2017 com o primeiro lucro anual desde 2013, antes da descoberta do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Foi o quarto trimestre consecutivo com resultado positivo. No acumulado do ano, a Petrobras soma R$ 5 bilhões de lucro, segundo o balanço divulgado na segunda-feira (13). (Com Folha) Leia Mais

Governo pode cortar mais gastos para cumprir meta fiscal, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta terça-feira que o governo não está planejando novas isenções fiscais, como sobre o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), e que irá cumprir a meta fiscal do ano que vem mesmo que tenha de fazer cortes adicionais nas despesas. Em entrevista à rádio Jovem Pan, Meirelles também afirmou que ministros que já estão decididos a sair do governo do presidente Michel Temer possivelmente poderão antecipar esse movimento para ainda este ano, mas que isso não se aplica àqueles que, como ele, ainda avaliam o que farão em relação às eleições de 2018. (Com Reuters)

Dólar abre o dia operando em queda, vendido perto de R$ 3,27

O dólar comercial abriu os negócios desta terça-feira (14) operando em queda, após subir 0,55% na véspera. Por volta das 9h, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,81%, a R$ 3,273 na venda. A sessão deve girar em torno das expectativas sobre a reforma ministerial e as consequências para a reforma da Previdência. Com a saída do ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), o presidente Michel Temer fará as mudanças nos ministérios pedidas pelo 'centrão', o que pode garantir coesão na base para a aprovação da reforma. (Com Reuters)

Vendas no comércio sobem 0,5% em setembro e 6,4% em um ano, diz IBGE

As vendas no comércio brasileiro subiram 0,5% em setembro, na comparação com o mês anterior, depois de recuarem 0,4% em agosto, informou nesta terça-feira (14) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve expansão de 6,4%. Os resultados ficaram acima das expectativas em pesquisa da agência de notícias Reuters, de expansão de 0,4% na comparação mensal e de 5,2% sobre um ano antes. Cinco das oito atividades pesquisadas apresentaram ganhos, com destaque para o avanço de 1% de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo. (Com Reuters) Leia Mais

Bolsas da Ásia fecham em queda após desaceleração da economia chinesa

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico fechou em queda nesta terça-feira (14), com a decepção em relação aos dados econômicos chineses que mostraram desaceleração da economia no mês passado. O mercado chinês perdeu 0,52%. Veja as variações das Bolsas da região:

  • Japão: ficou estável
  • Hong Kong: -0,1%
  • China: -0,52%
  • Coreia do Sul: -0,15%
  • Taiwan: +0,03%
  • Cingapura: -0,59%
  • Austrália: -0,88%. (Com Reuters)
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos