Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Ajuda a estatais deu mais gasto que lucro à União nos últimos 5 anos

As diversas formas de ajuda da União às estatais federais deram mais despesas que retorno financeiro à União de 2012 a 2016, revelou o Tesouro Nacional em relatório divulgado nesta segunda-feira (18). De acordo com o documento, as empresas custaram R$ 122,31 bilhões ao governo em cinco anos, enquanto geraram retorno de R$ 89,35 bilhões. (Com Agência Brasil) Leia Mais

Bolsa sobe 0,7% e tem segunda alta seguida; Vale avança 2,58%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta segunda-feira (18) em alta de 0,7%, a 73.115,45 pontos. É o segundo avanço seguido da Bolsa, que subiu 0,25% na sexta-feira (15). (Com Reuters) Leia Mais

Dólar cai 0,3% e fecha a R$ 3,298, na segunda queda seguida

dólar comercial fechou esta segunda-feira (18) em queda de 0,3%, cotado a R$ 3,298 na venda. É a segunda baixa seguida da moeda norte-americana, que caiu 0,85% na sexta-feira (15). (Com Reuters) Leia Mais

Ações do Burger King operam em queda em estreia na Bolsa brasileira

As ações da BK Brasil, operadora da rede de fast-food Burger King no país, estreavam em baixa na Bolsa nesta segunda-feira (18). Por volta das 16h25, as ações da BK, que levam o código BKBR3, eram negociadas a R$ 17,83, queda de 0,94% em relação à precificação de sua entrada na Bolsa, de R$ 18. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 16h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,85%, a 73.227,86 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,24%, a R$ 3,30 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco, e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Mercedes-Benz melhora previsão para vendas de caminhões em 2018

A Mercedes-Benz do Brasil melhorou previsão de vendas de caminhões e ônibus no país em 2018, afirmou o presidente da montadora para a América Latina, Philipp Schiemer, nesta segunda-feira (18). A previsão da montadora para o crescimento das vendas do mercado de caminhões em 2018 passou de 20% para 30%, sobre vendas previstas para 2017, de 52 mil veículos. (Com Reuters)

Câmara dos Deputados dos EUA deve votar reforma tributária na terça

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, que é controlada pelos republicanos, deve votar uma ampla reforma tributária no início da tarde de terça-feira (19), disseram assessores. (Com Reuters) 

Dólar opera em queda, perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe quase 1%

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 15h35, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,98%, a 73.316,3 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,57%, a R$ 3,289 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco, e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Bolsas da Europa fecham em alta; Alemanha sobe 1,59%

As Bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira (18). Veja as variações:

  • Alemanha: +1,59%
  • Itália: +1,34%
  • França: +1,33%
  • Espanha: +0,92%
  • Portugal: +0,8%
  • Inglaterra: +0,62% (Com Reuters) 
Leia Mais

Dólar opera em queda, perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe mais de 1%

A Bolsa subia mais de 1%, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 14h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 1,18%, a 73.465,46 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,64%, a R$ 3,287 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco, e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Itaú vê risco de descumprimento do teto aumentar sem reforma

O adiamento da reforma da Previdência, anunciado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na última quinta-feira (14), traz uma sinalização negativa do ponto de vista fiscal, que é o principal problema de política econômica do Brasil, de acordo com Pedro Schneider, economista do Itaú Unibanco. (Com Bloomberg) Leia Mais

Confiança do comércio atinge maior patamar desde março de 2014

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), calculado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) cresceu 2% em novembro, registrando sua quarta alta consecutiva, segundo relatório divulgado pela federação nesta segunda-feira (18). O indicador passou de 107,5 pontos em outubro para 109,7 pontos no mês passado, atingindo sua maior pontuação desde março de 2014. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 13h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,81%, a 73.192,89 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,65%, a R$ 3,286 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco, e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Órgão recomenda aprovação de venda de negócios da Petrobras com ressalvas

A Superintendência-geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) recomendou com ressalvas a aprovação da compra da Companhia Petroquímica de Pernambuco (PSuape) e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe), detidas pela Petrobras, pelo Grupo Petrotemex. (Com Reuters) Leia Mais

Justiça suspende venda de Itambé para francesa Lactalis, diz fonte

Um tribunal brasileiro concedeu liminar suspendendo a venda da companhia de lácteos Itambé Alimentos para o grupo francês Lactalis, disse nesta segunda-feira (18) à agência de notícias Retuers uma fonte com conhecimento do assunto. A decisão do juiz Luis Felipe Ferrari Bedendi acatou pedido da Vigor Alimentos, que é controlada pelo mexicano Grupo Lala desde outubro, questionando o acordo entre a cooperativa CCPR e a Lactalis. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 12h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,71%, a 73.121,5 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,49%, a R$ 3,292 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco, e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Governo conseguirá votos para aprovar Previdência até fevereiro, diz Jucá

A data de votação da reforma da Previdência está mantida para 19 de fevereiro e até lá o governo vai ter o apoio necessário para aprovar a proposta, disse nesta segunda-feira (18) o líder do governo no Senado, Romero Jucá. Em evento do PMDB, em Brasília, Jucá acrescentou que o governo está mobilizado para conseguir os votos para a reforma. (Com Reuters) Leia Mais

Governo conseguirá votos para aprovar Previdência até fevereiro, diz Jucá - Marcos Oliveira/Agência Senado

Ações do Burger King operam em queda em estreia na Bolsa brasileira

As ações da BK Brasil, operadora da rede de fast-food Burger King no país, estreavam em baixa na Bolsa nesta segunda-feira (18). Às 10h33, as ações da BK, negociadas sob o código BKBR3, eram negociadas a R$ 17,85, queda de 0,83% em relação à precificação de sua entrada na Bolsa, de R$ 18. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 11h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,68%, a 73.099,64 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,65%, a R$ 3,286 na venda. Com o adiamento da reforma da Previdência para 2018, o noticiário político brasileiro sai um pouco do foco por causa do recesso parlamentar e os investidores se voltam para a reforma tributária nos Estados Unidos. (Com Reuters)

Ibovespa poderá ter cinco novas ações em 2018

A segunda prévia da carteira do Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, que vai vigorar no período de janeiro a abril de 2018 confirmou a entrada das três ações já indicadas na primeira prévia e a inclusão de outros dois papéis, além de uma saída, de acordo com dados da Bolsa. Os papeis de Sanepar (SAPR11) e Via Varejo (VVAR11) entraram na segunda prévia, somando-se às ações de Fleury (FLRY3), Iguatemi (IGTA3) e Magazine Luiza (MGLU3), que já apareceram na primeira versão da carteira e foram confirmadas na segunda prévia do índice. Já as ações da Marfrig (MRFG3) deixam a carteira. Ainda será divulgada uma terceira versão, no último pregão do período de vigência da carteira atual. (Com Reuters) 

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (18). Por volta das 10h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,72%, a 73.130,87 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,7%, a R$ 3,285 na venda. Na última sexta-feira (15), a Bolsa fechou em alta de 0,25%. (Com Reuters)

Dólar abre o dia operando em queda, vendido perto de R$ 3,30

O dólar comercial abriu os negócios desta segunda-feira (18) operando em queda, após subir 0,4% na semana passada. Por volta das 9h, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,35%, a R$ 3,299 na venda, acompanhando a trajetória da moeda norte-americana no exterior, com investidores esperando desfecho do projeto de reforma tributária nos Estados Unidos. No Brasil, permanece em foco a reforma da Previdência, agora adiada para o começo do ano que vem. (Com Reuters)

Mercado reduz previsão para a inflação e sobe estimativa para PIB e dólar

O mercado reduziu ainda mais a estimativa para a inflação no final deste ano, para 2,83%. A previsão fica abaixo da meta de inflação, que é de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual. Os investidores também subiram as projeções para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e para a cotação do dólar. Veja as previsões do Boletim Focus para 2017, divulgadas nesta segunda-feira (18) pelo BC:

  • Inflação: caiu de 2,88% para 2,83%;
  • PIB: subiu de 0,91% para 0,96%;
  • Dólar: subiu de R$ 3,25 para R$ 3,29.

Bolsas da Ásia fecham em alta, com expectativa de reforma nos EUA

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico fechou em alta nesta segunda-feira (18), com investidores confiantes na aprovação da reforma tributária nos Estados Unidos nesta semana. Veja as variações dos mercados da região:

  • Japão: +1,55%
  • Hong Kong: +0,7%
  • China: +0,07%
  • Coreia do Sul: -0,01%
  • Taiwan: +0,14%
  • Cingapura: -0,13%
  • Austrália: +0,7% 
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos