PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Carla Araújo

Deputado vê manipulação e pede divulgação de dados da pesquisa com 'Annita'

Deputado Ivan Valente  - Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados
Deputado Ivan Valente Imagem: Lúcio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados
Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

20/10/2020 10h57

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) protocolou pedidos para que os ministérios da Saúde, Ciência e Tecnologia e Casa Civil informem os dados da pesquisa apresentada nesta segunda-feira (19) pelo governo com estudos clínicos da nitazoxanida em pacientes na fase precoce da Covid-19. O medicamento é conhecido como Annita.

Nas manifestações enviadas às pastas, Valente solicita "cópia integral do processo com os respectivos estudos e pareceres que embasaram o anúncio da eficácia da nitazoxanida para o combate à Covid-19".

O deputado pede ainda informações sobre eventuais pedidos para a produção do referido medicamento, como, "qual a quantidade solicitada, quem irá produzir, qual o procedimento utilizado para sua contratação e qual laboratório será responsável pela sua produção".

Governo usou ilustração

Em um evento realizado no Palácio do Planalto ontem, com a presença de convidados, muitos sem máscaras, o governo apresentou a conclusão do estudo clínico com o medicamento, mas o material apresentado não trouxe números que comprovassem os resultados. Além disso, a apresentação trouxe imagens de arquivos da internet que mostravam uma suposta redução da carga viral com o uso do medicamento.

Em mensagem publicada nas redes sociais após a polêmica, o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) afirmou que os gráficos utilizados na apresentação "obviamente" eram ilustrativos.

Para o deputado de oposição, a atitude do governo mostra falta de transparência e busca uma solução mágica para a pandemia. "Assim como fizemos no caso da Cloroquina, exigiremos o máximo de transparência sobre a eficácia da nitazoxanida para o tratamento da Covid-19", afirmou Valente à coluna. "Não permitiremos mais manipulações e zombaria de Bolsonaro com o sofrimento da população."

Pasta promete divulgar números

A assessoria de imprensa do Ministério disse que os números da pesquisa serão divulgados após a publicação do estudo em revista internacional e que todos os protocolos estão sendo respeitados.

A pasta diz ainda que o resultado qualitativo apresentado durante o evento "é, obviamente, baseado em dados e estudos completos de posse dos pesquisadores responsáveis".

"Depois da publicação do artigo científico, faremos uma apresentação técnica para os interessados, mostrando todos os números, cálculos, equações, métodos etc", afirmou o ministério.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.