PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Carla Araújo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Republicanos confirma filiação de Mourão ao partido

Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

24/02/2022 16h38

O presidente Nacional do Republicanos, Marcos Pereira, e o presidente da sigla no Rio Grande do Sul, Carlos Gomes, confirmaram nesta quinta-feira (24) a filiação do vice-presidente Hamilton Mourão ao partido.

"A chegada do general Hamilton Mourão representa uma honra para o Republicanos e reforça o projeto de ampliação da força política do partido nas eleições de outubro", disseram os dirigentes, em nota.

A solenidade de filiação foi marcada para o dia 16 de março na Sede Nacional do Republicanos, em Brasília.

Mourão pretende concorrer a uma vaga ao Senado pelo Rio Grande do Sul.

Apesar de a sigla ser uma das bases de apoio do presidente Jair Bolsonaro, o descontentamento do Republicanos com o governo tem ficado cada vez mais evidente. Ao jornal Folha de S. Paulo, Pereira afirmou que Bolsonaro tem atrapalhado a permanência do partido na base do governo.

As negociações de Bolsonaro com o PL e o PP têm incomodado o chefe do Republicanos, que está se sentindo desprestigiado e estuda apoiar outros candidatos nas eleições de 2022.