Topo

Empregos e carreiras


Embraer, Ambev e ONU buscam trainees; veja como mandar bem na seleção

Ricardo Marchesan

Do UOL, em São Paulo

03/08/2015 06h00

Está aberta a temporada de processos seletivos para trainees. Grandes empresas buscam jovens profissionais, que vão passar um tempo determinado conhecendo em detalhes os negócios da companhia. A chance é uma excelente porta de entrada para o mercado de trabalho, o que atrai milhares de recém-formados.

Empresas com inscrições abertas para trainee

  • Lojas Americanas

    Inscrição: http://trainees.lasa.com.br/

  • Votorantim

    Inscrição: http://www.produzindofuturos.com.br/

  • Mercedes-Benz

    Inscrição: http://www.mercedes-benz.com.br/institucional/carreira

  • Ambev

    Inscrição: http://www.ambev.com.br/queroserambev/trainee

  • Whirlpool

    Inscrição: http://www.whirlpool.com.br/jovenstalentos/

  • Kraft Heinz

    Inscrição): http://www.eunaheinz.com/

  • Andrade Gutierrez

    Inscrição: http://www.agjovem.com.br/trainee/

  • ONU

    Inscrição: https://careers.un.org/lbw/home.aspx?viewtype=NCE&lang=en-US

  • Bosch

    Inscrição: http://www.vagas.com.br/vagas/v1149265/junior-managers-program

  • Embraer

    Inscrição: http://zip.net/bvrKqc (endereço encurtado)

  • BRF

    Inscrição: http://www.brf-br.com/geracaobrf/

  • Red Bull

    Inscrição: http://www.redbullgraduateprogramme.com/br/pt-BR#intro

Especialistas consultados pelo UOL concordam que programas de trainee de grandes empresas podem ser um acelerador de carreiras, ou seja, fazem com que profissionais atinjam cargos altos mais rapidamente.

O caminho para conseguir isso, porém, não é fácil. Segundo Andréa Clemente, diretora de RH da Whirlpool -- dona de marcas de eletrodoméstico, como Brastemp e Consul -- o programa da empresa teve 20 mil candidatos no ano passado. Apenas dez foram aprovados. 

"Costumo dizer que o processo de seleção de trainee é pior do que o de um presidente de empresa", afirma Melina Graf, gerente da Thomas Case & Associados, empresa especializada em carreiras. "É feita uma avaliação de todos os lados: técnica, cultural, de personalidade, assuntos gerais."

"Em geral, empresas buscam excelente formação; no mínimo um idioma, além do português; vivência internacional; boa cultura geral; conhecimento de política e negócios; habilidade em lidar com pessoas e perfil de liderança. Resumindo, é quase um super-herói", afirma o consultor e especialista em RH Josué Bressane.

Escolha bem

Thinkstock
Imagem: Thinkstock

Os especialistas alertam que os processos são intensos como maratonas. Em geral, candidatos passam por inúmeras etapas, como testes online, provas presenciais, dinâmicas de grupo, entrevistas e apresentações.

Ao se inscrever, é preciso ter isso em mente. Passar por um processo já é desgastante, imagine passar por mais de um ao mesmo tempo. "Eles são longos, demandam muito, têm muitos inscritos. É preciso um equilíbrio entre quantidade e qualidade", afirma Andréa Clemente.

Ou seja, tentar mais de uma empresa aumenta as chances de sucesso, mas passar por muitos processos simultaneamente pode gerar um desgaste desnecessário, e prejudicar o desempenho. Procure aquelas com as quais mais se identifica e cujo setor mais o interessa.

Conheça a empresa em detalhes

Thinkstock
Imagem: Thinkstock

"É inaceitável que o candidato não tenha vasculhado tudo sobre a empresa", afirma Josué Bressane.

Ele aconselha entender muito bem quais são os valores da empresa, ler o que puder sobre ela, tentar conversar com pessoas que trabalham lá, ver como se comportaram as ações nos últimos anos (se a empresa for de capital aberto) e preparar perguntas sobre o negócio para levar ao entrevistador.

Andréa Clemente afirma que as empresas procuram profissionais que se identifiquem com ela, com sua cultura e valores. "Entenda como a empresa pensa e busque demonstrar na seleção. Isso pode ser importante".

Informe-se sobre assuntos gerais

Getty Images
Imagem: Getty Images

Segundo Melina Graf, ao se preparar para uma entrevista de emprego para cargos em geral, candidatos devem estudar a empresa e o mercado em que ela atua.

Mas, para processos de trainee, isso não basta. Os selecionadores também costumam cobrar muito conhecimentos gerais, como em política e atualidades. É preciso entender muito bem o mundo à sua volta, não apenas os assuntos que são relativos à profissão.

Seja você mesmo

Stefan
Imagem: Stefan

É ruim para você e para a empresa tentar mostrar aos recrutadores ser um profissional que não é. "Seja você. Não adianta criar um trainee perfeito na cabeça e tentar aplicar esse papel na seleção", diz Andréa Clemente.

"As consultorias de RH tem o hábito ruim de fazer o candidato se tornar falso, 'maquiado'. Em algum momento, essa maquiagem cai", afirma Bressane.

Saiba trabalhar em equipe

Shutterstock
Imagem: Shutterstock

"Resultados são muito importantes, mas como os entrega é tão importante quanto", afirma Andréa Clemente. "Não é só se destacar individualmente. [A empresa avalia] como interage, como constrói e como trabalha em equipe. O objetivo é sempre se destacar, não é prejudicar a pessoa do seu lado".

Jovens brasileiros recém-formados disputam vagas para trainee

 

 

Mais Empregos e carreiras