Bolsas

Câmbio

Salário médio do brasileiro cai 5% em 2015 e passa a R$ 1.853, diz IBGE

Do UOL, em São Paulo

  • Shutterstock

O salário médio do trabalhador brasileiro caiu 5% em 2015, na comparação com 2014, passando de R$ 1.950 para R$ 1.853, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Os valores, ajustados pela inflação, foram divulgados nesta sexta-feira (25) e fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios)

Salário cai 7,2% no Norte

Todas as regiões tiveram queda no rendimento do trabalhador, com a maior variação registrada no Norte:

  • Norte: de R$ 1.565 para R$ 1.453 (-7,2%)
  • Nordeste: de R$ 1.295 para R$ 1.223 (-5,6%)
  • Sudeste: de R$ 2.239 para R$ 2.117 (-5,5%)
  • Centro-Oeste: de R$ 2.284 para R$ 2.203 (-3,6%)
  • Sul: de R$ 2.149 para R$ 2.079 (-3,3%)

Entre os Estados mais o Distrito Federal, as maiores quedas foram em: Amazonas (-15,7%), Bahia (-11,2%) e Amapá (-10,8%).

Apenas cinco não tiveram queda no rendimento: Rio Grande do Norte (+4,3%), Paraíba (+1,6%), Tocantins (+1%); em Roraima e no Paraná, os rendimentos ficaram estáveis.

Distrito Federal (R$ 3.553), São Paulo (R$ 2.266) e Rio de Janeiro (R$ 2.212) tiveram as maiores médias salariais, enquanto Maranhão (R$ 1.106), Sergipe (R$ 1.112) e Piauí (R$ 1.127) apresentaram as menores.

Renda de todas as fontes

Assim como no caso dos salários, a renda média de todas as fontes dos brasileiros (somando outras rendas, como investimentos, por exemplo) também caiu. Ela passou de R$ 1.845 em 2014 para R$ 1.746 em 2015, uma queda de 5,4%.

O rendimento domiciliar per capita, que é a soma da renda das pessoas de uma casa dividida pelo número de moradores, caiu 7,2%, de R$ 1.369 para R$ 1.270.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos