IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Empregos e carreiras


Rede de pizzarias seleciona novos funcionários e manda pizza aos aprovados

Pizza Hut enviou pizzas a candidatos selecionados em junho, com envelopes parabenizando os novos funcionários - Divulgação
Pizza Hut enviou pizzas a candidatos selecionados em junho, com envelopes parabenizando os novos funcionários Imagem: Divulgação

Lucas Gabriel Marins

Colaboração para o UOL, em Curitiba

30/06/2019 04h00

Imagine ser aprovado para uma vaga de trabalho e ainda receber a notícia em casa, junto com uma pizza. Foi assim que a rede Pizza Hut Brasil avisou os colaboradores admitidos em junho.

Na caixa de cada pizza, havia um envelope com uma carta dando os parabéns pela aprovação e dando informações sobre a data de início do emprego.

A ideia foi do departamento de Recursos Humanos da empresa. "O intuito é que o colaborador receba a notícia da admissão e comemore junto com a família", disse a analista de RH da Pizza Hut Brasil, Paula Reis.

Até então, segundo Paula, os novos funcionários recebiam a notícia sobre a aprovação por telefone. "Ligávamos para o colaborador para avisá-lo sobre a admissão. Queremos parar com essa prática e, com esse novo programa de integração, ficar mais próximos do colaborador", falou.

No começa da semana, Paula compartilhou a iniciativa no LinkedIn. O post atraiu a atenção de usuários da rede social e rendeu mais de 23 mil reações e 1.900 comentários até a tarde de sexta-feira (28).

A ação, que ainda é piloto, deve ser expandida para as lojas da rede, que conta com 190 restaurantes espalhados pelo Brasil e cerca de 4.000 colaboradores.

Não aprovados também devem ser informados, diz especialista

Cibele Bastos, consultora e professora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e Organizações da FAE Business School, de Curitiba (PR), disse que gostou da iniciativa. Segundo ela, ao entregar uma pizza na casa do colaborador, que é um ambiente familiar, a empresa promove ainda mais a valorização do profissional, e isso repercute no trabalho.

"A medida que o novo funcionário é bem recebido, ele vai atender bem o cliente externo. Além disso, toda ação que é extensiva à família faz com que o trabalhador fique ainda mais integrado à empresa, pois acolhe não somente ele, mas também quem está ao seu lado", afirmou.

Cibele disse, ainda, que tão importante quanto avisar o candidato selecionado, é dar uma satisfação àquele que não foi aprovado. A comunicação, disse, tem que funcionar para os dois lados. "O recrutador é responsável pelo processo e não deveria deixar as pessoas esperando ansiosas por respostas. No caso de quem não conseguiu a vaga, basta um email padrão avisando".

Empresa deixa funcionários levarem cachorros ao escritório, e foi uma festa

UOL Notícias

Mais Empregos e carreiras