IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Empregos e carreiras


Empresa leva 80 candidatos a trainee para ajudar catadores nas ruas de SP

No processo seletivo, candidatos a trainee participaram de dinâmica junto a catadores, em São Paulo - Divulgação/Votorantim Cimentos
No processo seletivo, candidatos a trainee participaram de dinâmica junto a catadores, em São Paulo Imagem: Divulgação/Votorantim Cimentos

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/10/2019 18h38

Resumo da notícia

  • Em outubro, 80 candidatos a trainee da Votorantim Cimentos passaram uma hora com catadores de materiais recicláveis, em São Paulo
  • A ação fez parte da dinâmica de grupo dentro do processo seletivo da empresa
  • Dez catadores deram orientação sobre os tipos de materiais para serem coletados e a melhor estratégia de trabalho
  • Em uma hora, o grupo coletou quase 1 tonelada de materiais recicláveis, como papel, plástico, alumínio e ferro
  • A dinâmica aconteceu em parceria com o Pimp my Carroça, movimento que trabalha para dar visibilidade aos catadores

A Votorantim Cimentos levou 80 candidatos a trainee para vivenciar o trabalho dos catadores de materiais recicláveis, por uma hora, em São Paulo. A ação, que aconteceu no começo de outubro, fez parte da dinâmica de grupo dentro do processo seletivo da empresa.

Segundo a empresa, houve mais de 20 mil inscritos para as 15 vagas de seu programa de trainee, que começa em janeiro de 2020.

Penúltima fase da seleção

Na dinâmica em grupo, os 80 candidatos passaram uma hora com dez catadores nas ruas, recebendo orientação sobre os tipos de materiais a serem coletados e a melhor estratégia de trabalho. A ação terminou num centro de triagem, com a venda dos materiais recicláveis.

Dos 80, 27 candidatos foram escolhidos e aguardam a fase final, prevista para o final deste mês.

Ao todo, em uma hora, foi coletada quase 1 tonelada de materiais recicláveis, como papel, plástico, alumínio e ferro. O valor arrecadado não foi informado, mas será destinado aos catadores, segundo a companhia.

No dia seguinte, e dentro do processo seletivo, os candidatos tiveram de montar um plano para a nova unidade de negócios de gestão de resíduos da Votorantim Cimentos: a Verdera.

Forma de avaliar que são os candidatos

A dinâmica aconteceu, segundo a empresa, em parceria com o Pimp my Carroça, movimento que trabalha para dar visibilidade aos catadores de materiais recicláveis.

"A ideia desse tipo de dinâmica é proporcionar uma experiência de empatia com a marca e também uma maneira mais profunda de avaliarmos quem são os candidatos", afirmou Thatiana Soto, gerente de Atração, Treinamento e Desenvolvimento da Votorantim Cimentos.

Segundo Aldo Frachia, consultor de Captação, Desenvolvimento e Diversidade da Votorantim Cimentos, a etapa presencial envolveu os candidatos em experiências ligadas ao propósito da companhia. "Hoje, utilizamos resíduos que não são utilizados nos processos de reciclagem como combustível nos fornos de produção de cimento", declarou.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Indústrias transformam garrafas pet em matéria-prima

Band Notí­cias

Empregos e carreiras