IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Empregos e carreiras


Prefere patos ou ursos? Veja 30 questões estranhas em entrevista de emprego

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Site de recrutamento e carreira, analisou milhares de perguntas postadas por candidatos durante dois anos
  • Quantas bolas de tênis cabem num Fusca, e qual é o seu meme favorito são algumas das perguntas feitas
  • Perguntas estranhas são feitas não só em empresas inovadoras, mas também nas tradicionais
  • Não há uma resposta certa, mas é preciso que você saiba justificá-la com confiança, diz especialista

"Você prefere lutar com um pato do tamanho de um urso ou com cem ursos do tamanho de um pato?", "Quantas bolas de tênis caberiam dentro de um Fusca?", "Qual é o seu meme favorito?" e "Se você fosse um remédio, como seria?". Estas são algumas das 30 perguntas mais curiosas feitas para candidatos em entrevistas de emprego.

O levantamento foi feito pelo Glassdoor, um site de recrutamento e carreira que reúne vagas de emprego, informações de salários, avaliações de empresas e perguntas de entrevista. Foram analisadas milhares de perguntas postadas por candidatos durante dois anos, de julho de 2017 a julho deste ano. A plataforma mantém a identidade dos candidatos em sigilo.

"A prática de fazer perguntas 'estranhas' é bastante conhecida há algum tempo entre startups e empresas de tecnologia, mas descobrimos neste levantamento que isso é comum em empresas de todos os tipos e setores. É importante, portanto, que os candidatos estejam preparados para respondê-las mesmo se o processo seletivo for para uma empresa que ele considere mais tradicional", afirmou Luciana Caletti, vice-presidente do Glassdoor na América Latina.

Confira as 30 perguntas mais curiosas:

  1. Qual o seu principal defeito segundo sua esposa?
  2. Qual seria o seu posicionamento caso o seu chefe lhe mandasse fazer uma atividade que não seria a mais correta?
  3. Você prefere lutar com um pato do tamanho de um urso ou com cem ursos do tamanho de um pato?
  4. Quantas bolas de tênis caberiam dentro de um Fusca?
  5. Qual a população de mulheres esperada para o Brasil em 2020?
  6. Faça uma bula de remédio.
  7. Que desculpa você deu para faltar ao trabalho e vir para a entrevista?
  8. Como você daria um feedback negativo da entrevista para você mesmo?
  9. Quem na dinâmica você não contrataria e por quê?
  10. Como o Google ganha dinheiro?
  11. O que o outro candidato diria para você no momento?
  12. Em que você contribuiu para a sociedade até hoje?
  13. Quantas bolas de basquete cabem num estádio de futebol?
  14. Qual é o seu meme favorito?
  15. Como você faria para organizar um jantar de 40 pessoas para daqui a dois dias?
  16. Como você faz o Brasil um país melhor?
  17. Como você lidará com seu maior defeito durante as atividades da empresa?
  18. Considerando que você possui uma caixa de entrada com mais de mil emails não lidos e só pode responder a dez emails, como você faria para escolher os emails a serem respondidos?
  19. Como você faria um plano de negócios sem dados nenhum, apenas com suposições?
  20. Qual dos dois você prefere: piano ou guitarra?
  21. Se você fosse um objeto, qual seria?
  22. Se você fosse uma comida, qual seria?
  23. Se você fosse um remédio, como seria (composição, indicação, contraindicação, reações)?
  24. Se você fosse um filme, qual seria?
  25. Se você fosse um super-herói, qual seria?
  26. Que tipo de animal você seria e por quê?
  27. Que personagem histórico você seria?
  28. Se você fosse uma fruta, qual seria?
  29. Se você fosse um biscoito, qual biscoito seria?
  30. Qual produto da empresa você seria?

Dicas de como responder aos tipos de pergunta

Perguntas do tipo "que objeto você seria?"

Segundo Luciana, esse tipo de pergunta é muito útil para revelar traços da personalidade dos candidatos que não seriam facilmente identificados com perguntas convencionais. "Elas ajudam a criar um clima mais leve e permitem ao candidato se abrir mais e fugir de respostas prontas", afirmou.

Além disso, disse Luciana, o entrevistador quer ver quão rápido você é capaz de pensar em uma resposta, bem como o seu nível de criatividade para dar uma boa justificativa. "Não há uma resposta certa. Mas é preciso que você saiba justificá-la com confiança e de uma forma que faça sentido."

Este tipo de pergunta também pode estar relacionado de alguma forma ao produto ou serviço da empresa. "A pergunta pode servir para avaliar o conhecimento do candidato sobre esse assunto. Vale pensar com antecedência nas perguntas que poderiam surgir, e é fundamental conhecer bem a empresa para a qual você se candidatou", declarou.

Perguntas sobre resolução de problemas incomuns

"Embora estejam caindo em desuso, perguntas envolvendo problemas de lógica incomuns como 'Quantas bolas de tênis caberiam dentro de um Fusca?' ainda aparecem em muitos processos seletivos para ajudar a avaliar a capacidade de raciocínio do candidato", afirmou Luciana.

Segundo ela, têm aparecido com frequência perguntas relacionadas a desafios que a pessoa poderia ter no dia a dia. Por exemplo: "Como você faria um plano de negócios sem dados nenhum, apenas com suposições?". "Essas questões são úteis para avaliar como você reage a problemas complexos ou inesperados, bem como sua capacidade de apresentar soluções de forma rápida e eficiente mesmo em situações de pressão ou com poucos recursos disponíveis", declarou.

Perguntas do tipo "comportamentais ou para falar de você mesmo"

Luciana disse que perguntas desse tipo visam avaliar o perfil cultural do candidato, ou seja, descobrir se irá ele se encaixar bem no ambiente da empresa. "Embora o histórico profissional e os conhecimentos técnicos sejam importantes, muitas empresas têm percebido que o alinhamento com os valores e a cultura da companhia é crucial para que a contratação seja bem-sucedida."

Para ela, sua reação à pergunta pode ser tão ou até mais importante do que sua resposta. "Ela pode revelar sua forma de agir diante de situações delicadas, que exijam uma postura ética e cautelosa", disse.

Por exemplo: a resposta à pergunta 'Que desculpa você deu para faltar ao trabalho e vir para a entrevista?' irá revelar muito sobre a honestidade da pessoa e seu jogo de cintura.

Luciana disse que a dica para responder perguntas assim é sempre demonstrar bom senso, ética e empatia. "Mas também não finja ser uma pessoa diferente de quem você é. Respostas forçadas podem ser facilmente percebidas. O candidato precisa se identificar verdadeiramente com a cultura do seu local de trabalho, para que se sinta bem ali", declarou.

Quer saber mais informações e dicas sobre carreiras, economia e finanças pessoais de um jeito fácil de entender? Siga @uoleconomia no Instagram!

Especialista dá dicas sobre o que vestir ou não no trabalho

UOL Notícias

Empregos e carreiras