PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Empregos e carreiras

Mercado de trabalho está começando a se recuperar, diz secretário de Guedes

5.set.2019 - O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, em coletiva de imprensa - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
5.set.2019 - O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, em coletiva de imprensa Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

28/07/2020 12h03Atualizada em 28/07/2020 13h06

O Secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirmou hoje que o mercado de trabalho brasileiro começar a dar os primeiros sinais de recuperação em meio à pandemia do coronavírus.

Mais cedo, dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apontaram que o Brasil fechou 10.948 vagas com carteira assinada em junho, uma melhora em relação a maio e abril, quando houve perda de 350.303 e 918.286 vagas, respectivamente. No acumulado do primeiro semestre, o país fechou quase 1,2 milhão de postos formais.

"Em junho chegamos a uma melhora significativa nas contratações. Esse é o motivo que nos faz comemorar, com a ressalva de que trabalhamos para que os números sejam positivos. É uma melhora significativa, expressiva, que demonstra reação do mercado de trabalho", declarou Bianco em coletiva virtual para comentar os dados do Caged.

De acordo com o secretário, o mês de junho teve um aumento de 24% nas contratações em relação a maio — 172.520 vagas a mais. Isso, segundo ele, demonstra que uma recuperação em "V" (melhora rápida), como previu o ministro Paulo Guedes, é possível.

"Não dá para cravar ainda que a retomada será em 'V', mas temos indícios claros de que retomamos, haja vista que temos uma melhora significativa nas contratações", afirmou.

Empregos e carreiras