PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Bilionários

Bilionário ucraniano promete doar metade da fortuna

Foto de 29 de outubro de 2010 mostra o bilionário ucraniano Viktor Pinchuk  - Natalia Slipchuk/AFP
Foto de 29 de outubro de 2010 mostra o bilionário ucraniano Viktor Pinchuk Imagem: Natalia Slipchuk/AFP

19/02/2013 12h39

KIEV, 19 Fev 2013 (AFP) - O empresário Viktor Pinchuk, segundo homem mais rico da Ucrânia, anunciou nesta terça-feira (19) que doará pelo menos metade de sua fortuna a obras de caridade, aderindo a uma iniciativa dos bilionários americanos Bill Gates e Warren Buffett.

"Quando você é abençoado com o sucesso, tem a responsabilidade de dar de volta", justificou, em uma carta publicada por sua fundação de caridade.

O magnata do aço e dos meios de comunicação tem uma fortuna avaliada em US$ 3,7 bilhões pela revista Forbes.

Pinchuk, 52, anunciou a adesão à campanha "Giving Pledge" ("A Promessa de Dar"), criada em 2010 pelo cofundador da Microsoft Bill Gates e pelo investidor Warren Buffett, que desde então tentam convencer outros bilionários de todo o mundo a doar, pelo menos, 50% de sua fortuna a organizações de caridade.

"Ao investir metade ou mais de minha fortuna - durante minha vida e depois - em áreas como educação, saúde pública, acesso à arte moderna e promoção de meu país, investirei na próxima geração, nos que construirão a Ucrânia e o mundo de amanhã", explicou.

O empresário não revelou para quem pretende doar o dinheiro.

Viktor Pinchuk, ex-engenheiro metalúrgico soviético que virou magnata do aço e dos meios de comunicação, grande colecionador de arte moderna, é o primeiro ucraniano a aderir à iniciativa e um dos primeiros participantes da ex-União Soviética.

A iniciativa já conquistou o compromisso de mais de 100 personalidades e de famílias ricas, incluindo o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, o fundador da CNN, Ted Turner, o prefeito de Nova York e fundador da agência de notícias financeiras Bloomberg, Michael Bloomberg, e o diretor de cinema George Lucas.

Bilionários