IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Diamante de 232 quilates é achado na África do Sul e pode valer US$ 20 mi

Imagem divulgada pela Petra Diamonds - Philip Mostert/AFP
Imagem divulgada pela Petra Diamonds Imagem: Philip Mostert/AFP

09/09/2014 16h50

JOHANNESBURGO, África do Sul, 09 Set 2014 (AFP) - Um diamante de 232,08 quilates, "de um tamanho e clareza excepcionais", foi descoberto em uma mina sul-africana perto de Pretória, particularmente rica em grandes diamantes, anunciou nesta terça-feira o proprietário da companhia.

Com sede em Londres, a Petra Diamonds, que possui a mina em questão desde 2008, não forneceu o valor exato da pedra preciosa que entra na categoria "D Tipo II", isto é, transparente ou incolor e sem impureza mensurável.

O último diamante branco vendido pela empresa, pesando 507,3 quilates, alcançou o preço recorde de US$ 35,3 milhões em 2010, segundo uma porta-voz da Petra Diamonds, Cathy Malins.

De acordo com ela, especialistas vão avaliar o novo diamante, que deve valer entre US$ 10 milhões e US$ 20 milhões, seguindo os preços alcançados nos últimos anos. A venda será realizada até o final do ano.

Em junho, a empresa anunciou um outro achado raro, um diamante azul de 122,52 quilates, na mesma mina, localizada a cerca de 40 km da capital sul-africana.

Em 1905, o maior diamante do mundo --o "Cullinan", de 3.106 quilates-- também foi descoberto na mina e, posteriormente, cortado ao meio para ser integrado às joias da coroa britânica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia