GM fecha acordo com proprietários de carros com ignição defeituosa

Nova York, 23 Jun 2017 (AFP) - A General Motors chegou a um acordo com centenas de proprietários de automóveis em uma ação judicial pelas falhas de ignição relacionadas a 100 mortes - disseram os advogados da empresa na sexta-feira (23).

Em uma carta a um juiz federal em Nova York, os advogados disseram que a GM "concordou com um acordo coletivo privado e confidencial" com 203 proprietários. O acordo "potencialmente também resolve as centenas de reivindicações dos tribunais estaduais", acrescentou.

As partes trabalharão para documentar o acordo no próximo mês, e "se passará a implementar a liquidação de seus termos, o que levará algum tempo", disse a carta.

A ignição defeituosa às vezes travava inesperadamente durante a condução. O problema foi ligado a mais de 100 mortes e centenas de feridos graves.

A questão expõe a GM a gastar bilhões de dólares em processos.

A companhia se recusou a comentar a liquidação, mas argumentou no tribunal que sua falência em 2009 deve proteger a "nova GM" de processos contra a antiga empresa sobre os interruptores defeituosos.

No final de abril, a Suprema Corte dos EUA negou o recurso da GM a uma decisão de um tribunal inferior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos