Bolsas

Câmbio

Philips suspende produção de desfibriladores para EUA

Haia, 11 Out 2017 (AFP) - A empresa holandesa Philips anunciou nesta quarta-feira a suspensão temporária da produção de desfibriladores para o mercado americano para permitir controles mais rígidos, como parte de um acordo com o governo dos Estados Unidos.

A Philips ressalta em um comunicado que a decisão "não tem nenhuma relação com a qualidade dos produtos", que não representam "nenhum risco para a saúde dos pacientes".

Mas o acordo assinado após longas negociações com o Departamento de Justiça americano permitirá a Philips cumprir com a norma estabelecida pela Food and Drugs Administration (FDA, Administração de Alimentos e Medicamentos), declarou o diretor geral da empresa, Frans van Houten.

A suspensão da produção deve prosseguir até o terceiro trimestre de 2018 e pode provocar uma redução do lucro da empresa antes dos juros e impostos de quase 20 milhões de euros no último trimestre de 2017 e de 60 milhões de euros adicionais em 2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos