Bolívia confirma reunião de Temer e Morales sobre gás e integração

La Paz, 21 Nov 2017 (AFP) - Os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e do Brasil, Michel Temer, vão se reunir na próxima segunda-feira (27) em Brasília para buscar acordos sobre gás e integração, um encontro marcado para outubro, mas adiado devido aos problemas de saúde do brasileiro, informou La Paz.

Morales chega a Brasília no domingo para se reunir com uma delegação diplomática e iniciar, na segunda, uma agenda intensa, disse o ministro da Presidência da Bolívia, René Martínez, em coletiva de imprensa.

"Na segunda-feira, está prevista a cerimônia de recebimento no Palácio do Planalto do Brasil, onde será feito o encontro entre nossos dois presidentes, para depois culminar na assinatura de documentos, acordos, memorandos de entendimento, de intenções sobre diversos eixos temáticos", explicou Martínez.

A reunião deveria ter acontecido no fim de outubro, mas foi adiada devido à cirurgia que Temer fez dias antes de raspagem da próstata.

A Bolívia pretende renovar um contrato de compra e venda de gás com o Brasil, que expira em 2019 e fornece até 30 milhões de metros cúbicos diários de gás natural ao mercado de São Paulo - exportação que é sua principal fonte de receita econômica.

Também se espera que abordem a provável venda de energia elétrica a partir de 2019.

La Paz também visa tratar da construção de uma ferrovia de 3,5 mil km, unindo o porto de Santos ao terminal peruano de Ilo, no oceano Pacífico, atravessando a Bolívia. O custo do projeto é estimado entre 10 bilhões e 15 bilhões de dólares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos