PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

EUA retira restrições de exportação a fornecedores da chinesa ZTE

13/07/2018 15h05

Washington, 13 Jul 2018 (AFP) - Os Estados Unidos levantaram formalmente nesta sexta-feira (13) as restrições de exportação aos fornecedores do grupo chinês de telecomunicações ZTE, informou o Departamento de Comércio.

A pasta afirmou que continuará monitorando a empresa para evitar possíveis violações das sanções dos Estados Unidos contra o Irã e a Coreia do Norte.

"O departamento permanecerá vigilante enquanto monitoramos de perto as ações da ZTE para garantir o cumprimento de todas as leis e regulamentações dos Estados Unidos", afirmou o secretário de Comércio, Wilbur Ross, em nota.

Mas a decisão de reverter as duras sanções à companhia, fruto da insistência do presidente americano Donald Trump, deixou os legisladores americanos furiosos.

O Congresso tomou medidas para manter a proibição e acusou Trump de recompensar uma empresa que descumpriu reiteradamente as leias americanas, mentiu para as autoridades e se envolveu em espionagem.

O Departamento de Comércio proibiu, em abril, empresas americanas fornecedoras de componentes cruciais para a ZTE de exportar, forçando a empresa chinesa a interromper suas operações, após concluírem que a companhia mentiu e violou sanções dos Estados Unidos.

Como um favor ao presidente chinês, Xi Jinping, Trump ordenou que as sanções contra a ZTE fossem aliviadas.

dg/hs/gv/yow/ll/mvv

ZTE