ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Greenpeace 'ocupa' uma refinaria de óleo de palma na Indonésia

25/09/2018 16h12

Jacarta, 25 Set 2018 (AFP) - Ativistas do Greenpeace "ocuparam" nesta terça-feira uma refinaria de óleo de palma na Indonésia para protestar contra o uso desta matéria-prima, amplamente utilizada nos produtos de grande consumo e que é acusada de favorecer o desmatamento.

Cerca de 30 ativistas, vários deles estrangeiros, e o grupo indonésio de rock "Boomerang", entraram nos tanques da refinaria, no porto de Bitung, ao norte da ilha de Celebes.

Os ativistas pintaram a inscrição "Sujo" e "Não ao óleo de palma sujo" sobre um dos depósitos da refinaria do gigante do setor Wilmar International.

O Greenpeace acusa o Wilmar de contribuir com o desmatamento na Indonésia, principal país exportador de óleo de palma, apesar de seu compromisso há cinco anos de não cortar mais florestas neste arquipélago do Sudeste Asiático. Segundo a organização de proteção do meio ambiente, o grupo continua comprando óleo sem a certificação de sustentável.

O grupo indonésio "Boomerang" se manifestou com um show no alto do depósito da refinaria.

A empresa, cotada na bolsa de Singapura, abastece grandes marcas como Colgate, Nestlé ou o grupo Unilever.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia