PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Preços do petróleo sobem levemente por redução de produção saudita

12/03/2019 18h57

Nova York, 12 Mar 2019 (AFP) - Os preços do petróleo subiram levemente nesta terça-feira (12), graças à decisão da Arábia Saudita de reduzir sua produção e à diminuição das exportações venezuelanas, devido ao apagão que paralisa o país há cinco dias.

O barril do Brent do Mar do Norte para entrega em maio encerrou a 66,67 dólares em Londres, nove centavos a mais que no fechamento de segunda.

Em Nova York, o "light sweet crude" (WTI), barril de referência americano, para entrega em abril subiu oito centavos e terminou o dia em 56,87 dólares.

A Arábia Saudita, primeiro exportador mundial de petróleo, prevê prosseguir em abril com os esforços dos últimos meses para sustentar os mercados e vender menos óleo que o solicitado pelos clientes.

Antes do apagão na Venezuela, um dos membros fundadores da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep), a produção do país caribenho já tinha caído em consequência das sanções americanas contra o grupo petroleiro nacional PDVSA.

Os preços do barril, que alcançaram pela manhã seu nível mais alto este ano, diminuíram com a difusão de um informe mensal da agência americana de informação sobre energia (EIA).

O organismo revisou levemente para baixo suas previsões de produção para 2019 (a 12,3 milhões de barris por dia) e 2020 (13 milhões de barris por dia) nos Estados Unidos, e modificou para cima suas previsões de preços dos barris de óleo para 2019.

"Mas os investidores parecem ter se centrado na leve revisão para baixo da demanda de petróleo no mundo em 2019", indicou Robert Yawger, do banco de investimentos Mizuo Securities.

js-jum/nas/gma/gv/mvv