PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro anuncia recuo de Trump sobre taxas de aço e alumínio

20/12/2019 20h52

Brasília, 20 dez 2019 (AFP) - O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta sexta-feira (20), que seu colega americano, Donald Trump, desistiu de impor tarifas ao aço e ao alumínio brasileiros, após uma conversa por telefone entre ambos.

"Ele [Trump] se convenceu dos meus argumentos e decidiu, a nós todos brasileiros, que nosso aço e alumínio não serão sobretaxados", disse Bolsonaro em um vídeo publicado em sua conta no Facebook.

Trump confirmou a informação, publicando um tuíte no qual contou ter uma "ótima conversa por telefone com o presidente do Brasil, @JairBolsonaro". Segundo o republicano, "a relação entre os Estados Unidos e o Brasil nunca foi tão forte!".

Bolsonaro afirmou que a conversa ocorreu por iniciativa de Trump, que telefonou para ele, e que a conversa durou cerca de 15 minutos, com a "cordialidade e respeito".

Os Estados Unidos anunciaram no dia 2 de dezembro tarifas sobre o aço e o alumínio de Brasil e Argentina, o que representou um duro golpe na estratégia de Bolsonaro de estreitar a aliança com os EUA.

Ao anunciar que Trump havia mudado de posição, Bolsonaro declarou que "os americanos são grandes parceiros nossos, temos muita coisa em comum".

Sobre Trump, o presidente destacou sua "amizade pessoal, a simpatia que eu sinto por ele e que ele tem por mim...".

No início de 2018, Trump decidiu aplicar tarifas globais de 25% sobre as importações do aço e de 10% sobre as do alumínio, mas em março isentou alguns países, incluindo Brasil e Argentina, que receberam cotas.

"Chegamos a um bom termo, estou muito feliz, agradeço a minha equipe que trabalhou comigo" nas negociações, disse Bolsonaro em um vídeo de 20 minutos.

O Brasil responde por cerca de 14% de todas as importações de aço dos Estados Unidos e é seu segundo fornecedor, atrás apenas do Canadá.

val/js/lr