PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Exportações e importações caem na China em maio

07/06/2020 08h34

Pequim, 7 Jun 2020 (AFP) - As exportações da China caíram 3,3% na comparação anual em maio, após a inesperada recuperação em abril, quando a pandemia da COVID-19 paralisou a economia mundial - anunciou o Departamento chinês de Alfândega neste domingo (7).

Os analistas consultados pela agência financeira Bloomberg esperavam uma queda mais acentuada (-6,5%).

Em abril, as exportações chinesas experimentaram uma recuperação inesperada (+ 3,5% interanual), após três meses consecutivos de queda.

Embora muitas empresas tenham retomado a atividade após a paralisação do primeiro trimestre, têm dificuldades em obter pedidos. Seus principais clientes, na Europa e na América do Norte, ainda estão paralisados pelo novo coronavírus, e o consumo doméstico é fraco.

As importações do gigante asiátioa em maio caíram 16,7% na comparação anual (contra -14,2% em abril). É um declínio mais acentuado do que as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg (-7,8%).

Para apoiar uma economia em dificuldades e incentivar o consumo, várias províncias e municípios lançaram operações comerciais com vales, ou descontos.

No sábado, a cidade de Pequim anunciou a distribuição de cupons no valor total de 12,2 bilhões de iuanes (US$ 1,7 bilhão) para aumentar o poder de compra de seus habitantes.

sbr/hh/erl/lda/tt

Economia