PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Petróleo fecha em baixa após aumento das reservas nos EUA

07/10/2020 18h52

Nova York, 7 Out 2020 (AFP) - Os preços do petróleo caíram nesta quarta-feira após dois dias de alta acentuada, em um mercado cético sobre a nova ajuda econômica aos americanos que promovem o consumo de energia, e após um relatório pessimista das reservas nos Estados Unidos.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em dezembro, portanto, fechou a 41,99 dólares, uma queda de 1,54%.

Em Nova York, o barril de WTI para entrega em novembro fechou a 39,95 d?lares, queda de 1,80%.

As reservas comerciais de petróleo bruto nos Estados Unidos em 2 de outubro aumentaram um pouco, para surpresa dos analistas, após três semanas de queda, em um mercado que continua deprimido pela fraca demanda.

De acordo com o relatório semanal divulgado quarta-feira pela Agência de Informação de Energia dos Estados Unidos (EIA), as reservas comerciais de petróleo bruto dos Estados Unidos cresceram 500.000 barris desde de 2 de outubro, para um total de 492,9 milhões de barris (mb), quando os analistas esperavam uma queda de 1,2 MB.

Este aumento modesto é explicado por um avanço na produção de petróleo dos EUA que cresceu 300.000 barris por dia para 11 milhões de barris por dia (mbd).

As reservas de produtos destilados também caíram 1 mb, em linha com o esperado.

O combustível de aviação afetado pela redução do tráfego aéreo devido à pandemia do coronavírus caiu 0,1 mb.

Em quatro semanas, o consumo de derivados de petróleo nos Estados Unidos ficou abaixo do mesmo período do ano passado, situado em 17,8 mbd (-14,8%).

As importações de petróleo bruto cresceram na semana passada de 5,1 mbd para 5,7 mbd. As exportações caíram de 2,6 mbd para 3,5 mbd.

As reservas de Cushing, Oklahoma, que servem de referência para um barril de WTI negociado em Nova York, aumentaram de 0,4 MB para 56,5 MB.

vmt/lo/mr/yow/lp/cc