PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Justiça americana indicia hacker suíço por ataque a câmeras de segurança

19/03/2021 06h09

Nova York, 19 Mar 2021 (AFP) - Um grande júri americano acusou na quinta-feira o hacker suíço Tillie Kottman, suspeito de coordenar um ataque virtual a milhares de câmeras de segurança nos Estados Unidos no início de março.

Kottmann, de 21 anos e que mora na cidade suíça de Lucerna, foi indiciado por "invasão virtual e atividades de roubo de dados e identidade de 2019 até o presente", anunciou em um comunicado o Departamento de Justiça americano.

"Roubar credenciais e dados e publicar códigos fonte e informações confidenciais na web não é está protegido pela liberdade de expressão - é roubo e fraude", disse a procuradora do estado de Washington, Tessa M. Gorman.

O nome de Kottman, também conhecido pelos pseudônimos "deletescape" e "tillie crimew", aparece na imprensa americana desde a ação de hackers contra as câmeras de segurança da start-up californiana Verkada instaladas em fábricas da Tesla, hospitais, prisões, escolass e outras organizações, e depois da divulgação as imagens nas redes sociais.

No comunicado, o governo dos Estados Unidos acusa o jovem e seus cúmplices de terem hackeado dezenas de empresas e organizações governamentais, além da publicação de dados confidenciais de mais de 100 entidades na internet.

dho/mlb/lda/erl

TESLA MOTORS