PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

AB InBev vende menos cerveja e vê ingredientes mais caros

O grupo inclui as marcas Budweiser, Stella Artois e Corona - Divulgação
O grupo inclui as marcas Budweiser, Stella Artois e Corona Imagem: Divulgação

28/10/2021 07h49

A maior empresa do setor de cerveja do mundo, AB InBev, anunciou que o lucro líquido no terceiro trimestre caiu mais de um terço devido ao aumento de custos dos ingredientes e ao menor crescimento das vendas.

No período de julho a setembro, o grupo que inclui as marcas Budweiser, Stella Artois e Corona registrou lucro de pouco mais de um bilhão de dólares, contra US$ 1,58 bilhão no mesmo período um ano antes.

As vendas do terceiro trimestre da empresa, formada pela fusão da americana AB com a belgo-brasileira InBev, subiram 7,9%, a 14,3 bilhões de dólares, muito menos que o crescimento de 27% no segundo trimestre.

O aumento de 3% no lucro operacional, a 5,2 bilhões de dólares, foi menos da metade do aumento nas vendas devido aos efeitos adversos do spread cambial, junto com o aumento dos custos dos produtos básicos, afirmou a empresa em um comunicado.

A cadeia mundial de abastecimento sofreu atrasos no transporte marítimo, aéreo e terrestre em muitos países, o que provoca aumento de preços.

Apesar dos números, a AB InBev elevou as previsões para o ano, ao destacar que espera um aumento do lucro operacional de entre 10% e 12, consequência do aumento no volume de vendas e dos preços mais elevados.

A empresa indicou que uma área de crescimento é a de vendas diretas aos consumidores, que superou 1,3 bilhão de dólares nos primeiros noive meses do ano graças às vendas online.

PUBLICIDADE