PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Rússia diz que apenas Ucrânia e Ocidente podem permitir exportações de cereais

31/05/2022 09h37

Moscou, 31 Mai 2022 (AFP) - A Rússia afirmou, nesta terça-feira (31), que apenas Kiev e o Ocidente podem agir para permitir as exportações de cereais ucranianas e russas, bloqueadas desde a ofensiva russa contra a Ucrânia e que aumentam o risco de uma crise alimentar mundial.

"Os países ocidentais, que criaram uma tonelada de problemas artificiais fechando seus portos aos navios russos, cortando as cadeias logísticas e financeiras, deveriam pensar seriamente no que mais importa", disse durante uma visita a Bahrein o ministro das Relações Exteriores russo, Serguéi Lavrov, em referência às sanções contra Moscou.

Ele também pediu novamente à Ucrânia, que luta contra um ataque russo há três meses, que retire as minas de suas águas territoriais em torno de seus portos, para permitir que navios carregados de grãos passem pelo Mar Negro.

"Se a questão da retirada de minas for resolvida (...), as forças navais russas garantirão a passagem desimpedida desses navios para o Mar Mediterrâneo e depois para seus destinos", disse Lavrov.

O conflito na Ucrânia alterou o equilíbrio alimentar mundial, gerando temores de uma crise que afetará especialmente os países mais pobres.

Ucrânia, um dos principais exportadores de grãos, especialmente milho e trigo, viu sua produção bloqueada pelos combates.

Rússia, outra potência produtora de cereais, não pode vender sua produção e seus fertilizantes devido às sanções ocidentais que afetam os setores financeiro e logístico.

Ambos os países produzem um terço do trigo mundial.

bur/lch/pc/an/aa