Cinco assuntos que vão dar o que falar hoje

Lorcan Roche Kelly

(Bloomberg) -- A Arábia Saudita anunciará planos para a vida depois do petróleo, uma baleia está comprando o Japão e nesta semana haverá reunião do Fed. Esses são alguns dos assuntos que vão dar o que falar nos mercados nesta manhã.

Preparativos da Arábia Saudita para o fim do petróleo

Hoje, as autoridades sauditas revelarão a "Perspectiva para o Reino da Arábia Saudita" do vice-príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, um plano para que o país se torne menos dependente da receita obtida com o petróleo bruto. Já se sabe que o plano contemplará a criação de um fundo soberano de investimento de US$ 2 trilhões, o maior do mundo por uma enorme diferença, cujo propósito é diversificar para ativos não petrolíferos. Os problemas enfrentados pela administração saudita ganharam destaque no fim de semana, quando a Taxa Interbancária Oferecida do país atingiu o patamar mais alto desde janeiro de 2009 porque os preços baixos do petróleo e o crescimento dos empréstimos do governo provocaram tensão sobre o financiamento bancário.

Baleia em Tóquio

O Banco do Japão vem comprando ações japonesas através de fundos negociados em bolsa (ETF, na sigla em inglês) e, devido ao escopo do plano de aquisições, agora o banco central é um dos dez maiores acionistas em 90 por cento das empresas do Nikkei 225, segundo estimativas compiladas pela Bloomberg. Quanto aos ETFs, o cenário é ainda mais severo, porque o banco é dono de mais de metade dos instrumentos desse tipo emitidos no Japão. As ações do país recuaram ontem do valor mais alto em onze semanas.

Semana importante para bancos centrais

Os bancos centrais dominarão os mercados nesta semana. O Federal Reserve anunciará sua mais recente decisão sobre política monetária na quarta-feira. O Banco do Japão se reunirá na quinta, e uma sequência de dados da zona do euro, inclusive o PIB do primeiro trimestre, poderá pressionar as políticas de flexibilização de Mario Draghi no Banco Central Europeu. Embora não esperem que o Fed aumente as taxas de juros nesta semana, os investidores analisarão o comunicado em busca de sinais de um aumento em julho. No Japão, uma pequena maioria dos economistas consultados pela Bloomberg espera mais flexibilização por causa do terremoto recente e das expectativas de mais um ano de crescimento lento.

Mercados em queda

Ontem à noite, o índice MSCI Asia Pacific caiu 0,3 por cento e, na Europa, o índice Stoxx 600 recuava 0,7 por cento às 5 horas, horário de Nova York, depois da publicação de dados decepcionantes sobre a confiança das empresas alemãs. O mercado de títulos está calmo antes das reuniões de bancos centrais desta semana.

Pacto entre Cruz e Kasich

Na tentativa de deixar de fragmentar o voto contrário a Trump, o segundo e o terceiro colocados na disputa pela nomeação do Partido Republicano concordaram em concentrar esforços em diversos estados nas próximas votações. Caso eles consigam impedir o favorito, Donald Trump, de conquistar delegados suficientes para obter a nomeação antes da convenção republicana, a reunião se transformará em uma 'convenção aberta' que poderia acabar sendo realmente muito confusa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos