Bolsas

Câmbio

Pemex diz que US$ 8 bi em ajuda do governo podem estar a caminho

Adam Williams

(Bloomberg) -- O México está fazendo todo o possível para salvar sua fonte de renda e o próximo passo pode ser reembolsar a gigante do petróleo, pagando a ela US$ 8 bilhões pela economia obtida com o passivo previdenciário.

A Petróleos Mexicanos, em dificuldades devido ao colapso dos preços do petróleo, poderia receber uma segunda dose de apoio do governo neste ano, segundo o diretor financeiro da empresa, Juan Pablo Newman. O recém-anunciado pacote de ajuda, que está sob revisão no Ministério de Finanças, vem após uma injeção de capital de US$ 4,2 bilhões anunciada no início deste mês.

"Essas medidas representam um progresso claro que garante a sustentabilidade da empresa", disse Newman na conferência de lucros do primeiro trimestre da empresa, na quinta-feira.

O plano é mais uma confirmação de que o governo está respaldando a petroleira estatal, que viu a produção de petróleo cair por 11 anos seguidos e possui mais de US$ 185 bilhões em dívidas e passivos previdenciários. A ajuda seria uma forma de compensar a Pemex por reduzir os pagamentos do governo aos pensionistas da empresa depois que a produtora aumentou a idade de aposentadoria em uma reformulação no ano passado, disse Newman.

"Não está dito explicitamente que precisa ser de forma líquida", disse Newman sobre a potencial injeção de capital. A ajuda poderia chegar a 136 bilhões de pesos (US$ 7,9 bilhões), disse ele.

A Pemex registrou o 14º prejuízo trimestral consecutivo, de 62 bilhões de pesos, menos que os 100,5 bilhões de pesos do mesmo período do ano anterior. A empresa registrou um total de mais de US$ 58 bilhões em prejuízos desde 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos