Para achar os melhores novos restaurantes de NY, olhe para cima

Kate Krader

(Bloomberg) -- Mais ou menos 16 restaurantes e lojas-conceito de alimentos abrirão no megacomplexo Hudson Yards, extremamente aguardado, no West Side de Manhattan em 2018. Nenhum deles estará localizado no térreo.

Esta é uma decisão consciente que já foi aplicada anteriormente pela Related Companies, a incorporadora por trás do Hudson Yards. Entre seus projetos anteriores está o Time Warner Center, que colocou duas das salas de jantar mais caras de Nova York -- Per Se e Masa -- no quarto andar do complexo.

O chef e proprietário do Per Se, Thomas Keller, voltará a cozinhar nas alturas no Hudson Yards. Sua próxima churrascaria estilo americano ocupará o quinto e o sexto andar, de acordo com o presidente da Related Urban, Kenneth Himmel. A parte de baixo será um amplo bar e no andar de cima ficará um restaurante de 1.486 metros quadrados.

Também terá dois andares uma filial gigantesca do Milos, destino para os mariscos da culinária mediterrânea. Os dois restaurantes terão terraços exclusivos ao ar livre ao lado do jardim da cobertura. O restaurante do aclamado chef espanhol José Andrés ficará no quinto andar.

Quase todo o espaço nos andares inferiores estará voltado ao comércio, mas haverá um dos restaurantes de comida para levar Bouchon, de Keller, no segundo andar.

"É assim que estamos levando as pessoas de volta aos estabelecimentos", disse Himmel, sobre colocar restaurantes sobre as lojas no Time Warner e agora no Hudson Yards. De qualquer modo, acrescentou, "os imóveis térreos estão muito caros. Para a maioria dos restaurantes, é difícil manter esse aluguel". As pessoas irão ao andar de cima, especialmente se puderem ver a área de refeições, defende ele.

"Só é necessário garantir que haja movimento e energia suficientes no térreo". Himmel disse ao jornal WWD que os aluguéis projetados para o primeiro andar custarão pelo menos o dobro, senão o triplo, dos aluguéis dos andares superiores.

No terceiro andar da torre 4 do World Trade Center está a recém aberta Eataly Downtown.
"Os aluguéis em Nova York estão uma loucura. E não temos medo de ir para um andar superior", disse Alex Saper, diretor operacional da Eataly America, que contou que o único espaço grande o bastante no complexo do World Trade Center ficava alguns andares acima do chão. Além disso, ele estima que os aluguéis custavam cerca de 50% a 60% menos que no térreo.

Ele observa que outra vantagem é a vista: se você parar um pouquinho de fazer compras ou lanchar, a vista para o rio Hudson e para o novo Calatrava Oculus é espetacular.

"Fico surpreso que as pessoas não queiram restaurantes em andares mais elevados", disse Saper, em entrevista por telefone. Ele projeta que, em um futuro não muito distante, Nova York se tornará uma cidade mais vertical, como Hong Kong e Tóquio, onde muitas vezes é necessário pegar um elevador para chegar a um restaurante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos