Bolsas

Câmbio

Corridas de cavalo ajudam investidor de Hong Kong a triunfar

Kana Nishizawa

(Bloomberg) -- Quando Alex Wong, um dos melhores investidores de Hong Kong, analisa os dados financeiros em busca de retornos promissores, ele se aproveita de um longo histórico de cálculo de probabilidades. Quando era pré-adolescente, ele assistia às corridas de cavalo do Jockey Club e aprendeu que tudo se resumia ao preço.

"No começo, você obviamente quer ganhar e aposta pelo cavalo com mais chances de ganhar -- mas aos poucos você aprende que não é assim que se joga", disse Wong, hoje com 48 anos. "É preciso encontrar as probabilidades mais favoráveis para você."

Encontrar as avaliações que funcionam deu certo para Wong na Ample Capital, uma pequena administradora de fundos que atende principalmente a clientes locais de Hong Kong. O fundo global do diretor de administração de ativos superou 99% dos pares em cinco anos e 91% nos últimos três, segundo dados de mais de 1.700 fundos compilados pela Bloomberg.

Wong, famoso pela devoção a seus quatro gatos, que o levou a colocar fotos deles em guarda-chuvas personalizados, está buscando algo muito mais banal em 2017. Agora ele está acompanhando de perto a dívida americana de vencimento distante, porque estima que qualquer desvio do foco atual do mercado na reflação induzida por Donald Trump aparecerá primeiro nos rendimentos dos títulos do Tesouro do EUA com vencimento em 30 anos, que são sensíveis à perspectiva de crescimento e de inflação. Em entrevista no mês passado, ele disse que as ações financeiras dos EUA parecem atraentes, que ele continua confiando nas ações de empresas de tecnologia americanas e que aposta em uma alta do rublo russo e em uma queda do euro.

Retornos

O Leverage Partners Absolute Return Fund, da Ample Capital, que opera ações, moedas e derivativos globais e não toma nenhum índice específico como referência, deu um retorno anualizado de 7,3%, incluindo dividendos, nos últimos três anos, e de 5,4% em 2016 até novembro. Atualmente, o fundo tem cerca de US$ 90 milhões de ativos em ações -- cerca de US$ 8 milhões delas compradas com empréstimos de margens -- e uns US$ 40 milhões em moedas, incluindo aquelas negociadas com empréstimos de margens com garantia de ações.

Fã do bom senso, Wong sofreu derrotas com os anos, e a crise financeira da Ásia o sensibilizou para procurar os primeiros sinais de mudanças na confiança. Em 1997, quando trabalhava para uma corretora de valores, seus investimentos pessoais zeraram em um dia por ele ter ignorado tensões vindas da Tailândia que previam a crise regional iminente.

"Para ser um bom apostador em corridas de cavalos, é preciso acumular muita experiência de derrotas", disse Wong, que valoriza a lembrança dos US$ 4.000 que ganhou em uma só corrida quando era adolescente. "É muito parecido no mercado acionário, porque é preciso aceitar muitas derrotas para voltar a ganhar."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos