PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Banco Votorantim fecha corretora em NY em meio a ajustes

Cristiane Lucchesi e Felipe Marques

12/04/2017 09h10

(Bloomberg) -- O Banco Votorantim está fechando sua corretora em Nova York e "concentrando o atendimento aos clientes e parceiros internacionais em São Paulo", disse o banco em comunicado à Bloomberg por e-mail.

O Banco está dispensando cerca de seis pessoas, a maioria na área de vendas de renda fixa, disse uma pessoa familiarizada com o assunto, pedindo para não ser identificada porque o número não é público.

A decisão é parte de "recentes ajustes estratégicos", disse o Votorantim. No início deste ano, o banco eliminou sua equipe de pesquisa de ações baseada no Brasil. O diretor executivo de varejo do Votorantim, Elcio Jorge dos Santos, foi promovido a presidente-executivo em novembro, depois que o ex-presidente João Roberto Teixeira deixou a empresa.

Com R$ 103 bilhões em ativos, o Banco Votorantim é o 9º maior banco do país por ativos, de acordo com dados do Banco Central de dezembro. O banco teve lucro de R$ 426 milhões em 2016, 12% a menos do que em 2015.