PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Sino do Big Ben de Londres ficará em silêncio por quatro anos

Alex Morales

14/08/2017 11h25

(Bloomberg) -- O Big Ben ficará em silêncio durante quatro anos a partir da segunda-feira, 21 de agosto, para permitir a realização de obras de restauração no sino, no relógio e na torre do Parlamento, símbolos de Londres.

O sino de 13,7 toneladas da Torre Elizabeth deve parar de tocar para garantir a segurança dos trabalhadores no projeto de restauração, informou a Câmara dos Comuns na segunda-feira, em declaração enviada por e-mail. O sino repica a cada 15 minutos e trabalhou praticamente sem interrupção durante 157 anos. A última interrupção para manutenção ocorreu em 2007, e antes disso trabalhos de remodelação silenciaram o sino de 1983 a 1985. Ele também foi silenciado para o funeral da ex-primeira-ministra Margaret Thatcher, em 2013.

O trabalho para salvaguardar a parte mais famosa do Palácio de Westminster avançará em meio ao debate dos parlamentares a respeito de qual o melhor caminho para restaurar o edifício inteiro; trata-se de um projeto que pode custar 5,7 bilhões de libras (US$ 7,4 bilhões) e levar até quatro décadas.

Grande parte do complexo data de meados do século 19 e está cheio de amianto, e além disso a poluição está causando a destruição da estrutura de pedra. Os sistemas de encanamento, eletricidade, drenagem e ventilação são antiquados e nunca passaram por uma grande remodelação.

"O silêncio do Big Ben é um marco significativo desse projeto crucial de conservação", afirmou o guardião do Grande Relógio, Steve Jaggs. "Este programa essencial de obras protegerá o relógio a longo prazo."

Jaggs chamou o público a se reunir na Praça do Parlamento em 21 de agosto para ouvir as últimas badaladas do sino dos próximos quatro anos.

(Atualizações com detalhes de restauração em dois parágrafos finais.)

PUBLICIDADE