Bolsas

Câmbio

Reino Unido estuda viagens sem visto para europeus: Fonte

Alex Morales

(Bloomberg) -- O Reino Unido estuda permitir que os cidadãos da União Europeia viajem livremente para o país mesmo após o Brexit, em um momento em que o governo da primeira-ministra Theresa May elabora planos para gerenciar a imigração vinda do bloco.

Os cidadãos da UE seriam livres para visitar o Reino Unido, mas precisariam conseguir permissão para trabalhar, estudar ou se estabelecer no país, disse um membro do governo britânico sob a condição de anonimato porque os planos ainda estão sendo elaborados.

O jornal The Times publicou na noite de quarta-feira que os cidadãos da UE poderiam morar no Reino Unido após o Brexit, mas que um sistema de licenças limitaria o número de pessoas autorizadas a trabalhar. O Ministério do Interior do Reino Unido afirmou que os planos ainda não foram finalizados e que serão publicados "dentro de semanas".

O governo May procura cumprir o compromisso de reduzir a imigração, preocupação que levou muitos cidadãos a apoiarem o Brexit no referendo do ano passado. Setores de negócios, como bancos e empresas agrícolas, mostraram preocupação de que os limites para os trabalhadores possam dificultar a capacidade de encontrar a mão de obra de que precisam.

A permissão para a livre circulação de visitantes ajudaria a lidar com o espinhoso problema de policiar a fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda após o Brexit, porque o Reino Unido quer manter a área de viagem comum na ilha. James Brokenshire, secretário britânico para a Irlanda do Norte, disse na quarta-feira que os controles migratórios não se resumem às fronteiras e que uma abordagem "abrangente" incluiria medidas como a restrição do acesso dos visitantes a serviços públicos.

O Escritório de Estatísticas Nacionais informou na quarta-feira que o Reino Unido registrou um recorde de 2,37 milhões de trabalhadores da UE entre abril e junho deste ano, um aumento de 126.000 em relação ao mesmo período de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos