Bolsas

Câmbio

Tesla pede atualização de rede para reconhecer bateria gigante

Perry Williams

(Bloomberg) -- A maior bateria do mundo, fabricada pela Tesla de Elon Musk na Austrália, está fazendo seu trabalho muito bem.

O tempo de resposta das baterias Powerpack de Musk para injetar energia na rede quando há apagões é de menos de 200 milissegundos, informou a Tesla em apresentação ao órgão que rege os mercados de energia do país. No entanto, as regras, pensadas para grandes geradoras que utilizam carvão e gás, lhes dão cômodos seis segundos para responder. Isso levou a Tesla a defender uma reformulação da antiquada rede da Austrália.

Como na maioria das metas de Musk, a Tesla quer que as coisas aconteçam mais rapidamente. A empresa defendeu um novo sistema que solucione restrições técnicas e melhore o envio de energia emergencial para a rede a partir de tecnologias de resposta rápida -- como sua Hornsdale Power Reserve, na Austrália Meridional, que entrega eletricidade à velocidade de um raio.

Na sequência, a Tesla planeja colocar a maior usina de energia virtual do mundo em operação, o que representará um novo desafio para os responsáveis pelo planejamento da rede da Austrália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos