Bolsas

Câmbio

Atenção ao efeito do Brexit em bancos britânicos: Bloomberg View

Mark Whitehouse

(Bloomberg) -- As pessoas continuam dizendo que a decisão do Reino Unido de sair da União Europeia obrigará o setor financeiro global a tirar parte de seus negócios de Londres. Por isso, é estranho ver que está acontecendo exatamente o contrário, pelo menos no quesito empréstimos.

O papel de Londres como centro financeiro envolve muitos empréstimos transnacionais. A unidade britânica de um banco francês poderia oferecer crédito a um fundo de investimentos alemão, ou um banco americano poderia conceder empréstimos industriais na Europa a partir de sua subsidiária no Reino Unido. Portanto, a quantidade de crédito que flui do Reino Unido para outros países pode servir de indicador da importância do país nas finanças globais.

O que ocorreu com esse indicador desde junho de 2016, quando os britânicos votaram pela saída da UE? Se os bancos vêm transferindo suas atividades para Frankfurt ou Dublin, a expectativa seria de declínio. Mas o indicador na verdade se moveu na direção contrária. As exposições transnacionais dos bancos localizados no Reino Unido -- incluindo empréstimos e títulos -- aumentaram US$ 155 bilhões entre junho de 2016 e setembro de 2017, segundo o Banco de Compensações Internacionais. Enquanto fatia do produto interno bruto do país, este é o segundo maior ganho entre os países Europeus (depois do da França - que vem tentando tomar os negócios bancários do Reino Unido). Supera também os EUA e o Japão.

É verdade que o êxodo ainda pode acontecer e dependerá em grande parte da natureza do acordo que o Reino Unido acabará fechando com a UE. Mas se os bancos realmente estiverem preocupados com a possibilidade de o Reino Unido se tornar um lugar pouco atrativo para fazer negócios internacionais, eles estão demonstrando isso de uma forma esquisita.

Essa coluna não reflete necessariamente a opinião do conselho editorial nem da Bloomberg LP e de seus proprietários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos