PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Céticos com criptomoedas encontram aliado, o novo chefe do HSBC

Alfred Liu e Stephen Morris

20/02/2018 12h05

(Bloomberg) -- Acrescente mais um nome de peso ao time dos céticos em relação às criptomoedas: John Flint, o próximo CEO do HSBC Holdings.

"A tecnologia subjacente, a tecnologia de livro-razão distribuído, tem muitas aplicações no nosso setor", disse Flint em entrevista por telefone, na terça-feira (20), após o anúncio de resultados do HSBC. "Mas continuamos bastante céticos em relação às criptomoedas, cuja existência se deve em grande parte ao anonimato."

Os bancos devem funcionar com base na transparência e as identidades das pessoas que utilizam o sistema devem ser conhecidas, disse Flint.

Ele não está sozinho. Jamie Dimon, do JPMorgan Chase, deu uma famosa declaração chamando o bitcoin de "fraude", embora mais tarde tenha lamentado o comentário e acrescentado que acredita no blockchain, a tecnologia subjacente usada para verificar e registrar transações. O economista Nouriel Roubini chamou o bitcoin de "a maior bolha da história humana".