Bolsas

Câmbio

Bacon extra amplia receita da maior franqueada do McDonald's

Jorgelina do Rosario e Carolina Millan

(Bloomberg) -- O acréscimo de um pouco de bacon ou de molho de chocolate extra está fazendo sucesso na maior franqueada do McDonald's.

A oportunidade oferecida aos clientes de personalizar suas refeições em quiosques de autoatendimento gerou um aumento de 15 por cento na venda média da Arcos Dorados Holdings, com sede em Buenos Aires, disse o CEO Sergio Alonso. A empresa opera cerca de 2.200 restaurantes na América Latina.

"Os clientes podem olhar bem o cardápio e ver todos os ingredientes, sem pressão", disse Alonso, em entrevista. "O usuário agora está no controle."

O esforço da "experiência do futuro" da rede, que faz parte de uma campanha global, receberá mais US$ 160 milhões em investimentos até 2019, além dos US$ 500 milhões anunciados anteriormente. O Brasil e a Argentina são países prioritários para a instalação de novos painéis de menus digitais e renovações.

Os sinais de recuperação econômica da região têm sido mais lentos do que o esperado, mas o gasto maior dos clientes tem ajudado em momentos mais difíceis, disse Alonso. No Brasil, a eleição presidencial deste ano gera incerteza, enquanto a inflação anual de dois dígitos na Argentina levará a empresa a aumentar os preços em até 85 por cento da inflação.

As ações caíram 15 por cento até esta altura do ano e a concorrência está aumentando. O Burger King Brasil, que no ano passado levantou US$ 660 milhões em uma oferta pública inicial, anunciou recentemente que está trazendo a franquia especializada em frangos Popeyes Louisiana Kitchen ao Brasil. A Arcos Dorados continua apostando nos hambúrgueres, já que o acordo da empresa com o McDonald's a impede de firmar parcerias com outras marcas.

A empresa divulgou aumento de 9,1 por cento das vendas comparáveis em 2017 em meio ao tráfego positivo em todas as divisões. A receita consolidada subiu 12 por cento em relação ao ano anterior. Ainda assim, as ações da empresa caíram cerca de 9 por cento desde a publicação dos resultados, em 21 de março, fenômeno que os executivos não conseguiram explicar. Eles destacaram o crescimento em volume e fluxo de caixa, que estão permitindo que a empresa financie sua expansão sem assumir novas dívidas, e o anúncio de um dividendo. As ações são classificadas com o equivalente a compra por seis analistas e como manutenção por um.

"Temos observado um crescimento nas vendas, uma margem Ebitda acima da inflação e as principais economias nas quais operamos estão em recuperação", disse Mariano Tannenbaum, diretor financeiro da Arcos Dorados. "Por nossa parte, vemos apenas notícias boas."

--Com a colaboração de Fabiola Moura

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos