ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Na era da Amazon, empresa líder de depósitos cresce ainda mais

Rob Urban

30/04/2018 09h14

(Bloomberg) -- Para a Prologis, a maior proprietária de armazéns do mundo, o maior desafio para o crescimento tem sido adquirir terrenos nos mercados mais importantes para seus inquilinos do setor de comércio eletrônico. A solução: comprar uma concorrente.

O fundo de investimentos imobiliários (FII) decidiu adquirir a DCT Industrial Trust por US$ 8,4 bilhões em ações e assumiu dívidas. Os acionistas da DCT receberão 1,02 ação da Prologis por cada ação da DCT, anunciaram as empresas em um comunicado no domingo. Isso representa um prêmio de cerca de 16 por cento sobre o preço de fechamento da DCT na sexta-feira, US$ 58,75.

FIIs que alugam espaço em armazéns e centros de logística têm superado aqueles que se concentram em shoppings, apartamentos de aluguel ou edifícios de escritórios. As compras feitas através da Amazon.com e de outras varejistas da internet ainda representam menos de 10 por cento das vendas do varejo nos EUA, mas o comércio eletrônico está reconfigurando as cadeias de abastecimento e moldando a fortuna de proprietários de imóveis do setor industrial. A demanda é especialmente alta dentro e ao redor de grandes cidades, onde o comércio pela internet conquistou adeptos mais rapidamente

Os 6,6 milhões de metros quadrados de imóveis da DCT ajudarão a Prologis, que tem sede em São Francisco, a aprofundar sua presença em mercados de alto crescimento, incluindo o sul da Califórnia, a região da Baía de São Francisco, Seattle, o sul da Flórida, Nova York e Nova Jersey, afirmaram as empresas. Esses são os lugares que registraram a maior demanda por espaço de armazenamento e serviços de logística, graças em grande parte ao comércio eletrônico.

"Os mercados da DCT estão 100 por cento alinhados com nossos mercados", disse o CEO da Prologis, Hamid Moghadam, em entrevista. "Existe um alinhamento perfeito entre os portfólios. Pense na DCT como uma versão menor da Prologis, com foco nos EUA. Nos EUA, somos muito semelhantes - os mesmos tipos de clientes e até os mesmos clientes em muitos casos."

Os conselhos de ambas as empresas aprovaram a compra, que deverá ser concluída no terceiro trimestre.

"É difícil encontrar terrenos em mercados onde o aluguel é caro e onde a demanda por armazenamento é especialmente alta", disse Lindsay Dutch, analista da Bloomberg Intelligence. "A aquisição da DCT aumenta a exposição da Prologis a vários mercados importantes onde o aluguel é alto, como o sul da Califórnia e o norte de Nova Jersey."

A aquisição da DCT, com sede em Denver, inclui quase 660.000 metros quadrados de projetos de desenvolvimento, revitalização e valor agregado; 79 hectares na fase de pré-desenvolvimento, predominantemente em Seattle, Atlanta, no sul da Flórida e no sul da Califórnia, com potencial para quase 27.000 metros quadrados depois de construídos; e 87 hectares sob contrato ou opção, predominantemente na região de Nova York e Nova Jersey, no norte e no sul da Califórnia e em Chicago, com um potencial de construção de mais de 306.500 metros quadrados.

As empresas consideram que nenhum problema antitruste atrapalhará a transação. Embora ambos os FIIs sejam grandes, a participação de mercado combinada na maioria dos mercados é inferior a 20 por cento, disse Phil Hawkins, CEO da DCT.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia