PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Por que você precisa ir para as Ilhas Maurício agora mesmo

Mary Holland

20/07/2018 15h22

(Bloomberg) -- Os viajantes percorrem meio mundo para riscar safáris africanos da lista de coisas a fazer antes de morrer, mas para muitos a viagem até as Ilhas Maurício parece longa demais. É claro que 3.000 quilômetros -- a distância de Johannesburgo até esta ilha tropical -- não é de se desprezar. Mas não deixe que um simples voo de quatro horas te impeça de descobrir um dos destinos de praia mais idílicos do mundo.

Na comparação com Madagascar, de difícil acesso, ou com as exclusivas Ilhas Seychelles, as Ilhas Maurício são acessíveis e aptas para a família, com uma história surpreendente e uma cultura multifacetada. Você encontrará uma mistura de heranças francesa, crioula, indiana e chinesa, tudo graças aos conquistadores, comerciantes e colonos que chamaram essa ilha em miniatura de casa nos últimos séculos. Considerando tudo isso, as Ilhas Maurício não são apenas um ótimo destino de praia -- são um caldeirão de culturas do Oceano Índico.

Caminhada pela praia de Mont Choisy

Não há como negar que as praias das Ilhas Maurício são suas atrações mais óbvias. A ilha é cercada por areia da cor de marfim e por um oceano de um azul penetrante. Apesar das inúmeras opções, Mont Choisy é uma das favoritas de moradores e turistas por causa da longa e contínua faixa de areia que a transforma no lugar ideal para caminhadas longas. Saindo da costa norte da ilha, os visitantes podem fazer windsurf e parasail ou imitar os habitantes locais e desfrutar de piqueniques gostosos sob a sombra das casuarinas.

Suba o Le Pouce

À procura de uma vista panorâmica deslumbrante da ilha? Siga os passos de Charles Darwin e suba caminhando o Le Pouce, uma das montanhas mais altas das Ilhas Maurício. (Seu nome, que em francês quer dizer "o polegar", é uma referência à sua forma grossa). A caminhada de meio dia, de nível fácil a médio, é feita em meio a uma vegetação verdejante e do pico de 800 metros de altitude o visitante tem vistas incríveis de 360 graus da Cordilheira Moka.

Passe um dia em Port Louis

No mercado central da principal cidade, Port Louis, os visitantes provam uma dose da culinária e da cultura das Ilhas Maurício e conhecem um pouco da vida cotidiana na ilha. Junte-se aos habitantes locais quando estiver fazendo compras; prove frutas como longan e graviola; experimente o dhal puri, um lanche de rua similar aos pães indianos; e compre cestas de ráfia de fabricação local para levar para casa como lembrança. A uma curta caminhada, no limite com o mar, está o Museu Blue Penny, uma ode à história das Ilhas Maurício. Aqui, os visitantes aprendem sobre a evolução da ilha ao longo dos anos, desde a época dos colonizadores holandeses até o domínio britânico.

Kitesurf em Le Morne

Com a combinação de águas planas e ondas desafiadoras, Le Morne é um dos lugares mais famosos do mundo para a prática de kitesurf, adequado para especialistas e novatos. De junho a novembro, é provável que você tenha pelo menos um bom dia de ação, apesar dos ventos imprevisíveis da região.