PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Foto de equipe dormindo no aeroporto foi ensaiada, diz Ryanair

Ellen Milligan

18/10/2018 12h57

(Bloomberg) -- A disputa entre Ryanair Holdings e sindicatos, que dura um ano, teve uma reviravolta bizarra com a divulgação de um vídeo feito por circuito fechado de televisão que, segundo a empresa área de baixo custo, mostra tripulantes de cabine ensaiando uma foto deles sendo forçados a dormir no chão do aeroporto em Málaga, na Espanha.

A foto original, postada no domingo em uma página do Facebook crítica à Ryanair, parecia retratar funcionários deitados no terminal após ficarem presos devido a tempestades e foi acompanhada da sugestão de que a empresa "os abandonou lá".

A Ryanair inicialmente pediu desculpas pela situação, afirmando que não havia quartos de hotel disponíveis, e depois postou a filmagem, na quarta-feira, com a alegação de que a foto inicial era falsa. "Este vídeo prova que a foto original foi encenada e que nenhum tripulante dormiu no chão", acrescentou a empresa, em comunicado.

O sindicato SNPVAC, que representa os tripulantes portugueses, argumentou que a foto era uma ilustração precisa do que havia acontecido, com 24 pessoas abandonadas durante a noite sem comida, bebida ou cadeiras suficientes para sentar. "A Ryanair fez um favor a todos nós ao fornecer evidências de que, na verdade, não havia condições mínimas para que os funcionários passassem a noite com dignidade", afirmou.

O incidente ocorre em meio a um confronto cada vez mais turbulento entre a Ryanair e os funcionários, que exigem contratos melhores depois que a empresa com sede em Dublin foi obrigada a aceitar a sindicalização. A maior empresa aérea de baixo custo da Europa foi sacudida por greves durante o verão e o CEO Michael O'Leary busca minimizar o impacto da situação sobre os custos.

--Com a colaboração de Henrique Almeida.