PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Thyssenkrupp planeja IPO de divisão de elevadores

Christoph Rauwald, Mark Burton e William Wilkes

10/05/2019 11h39

(Bloomberg) -- A Thyssenkrupp AG anunciou uma reviravolta dramática em sua estratégia corporativa ao informar que vai abrir o capital de sua divisão de elevadores e abandonar o plano de separar os negócios da empresa.

As ações da siderúrgica registraram alta recorde na sexta-feira depois que o presidente Guido Kerkhoff disse que a nova proposta também poderia levar ao corte de até 6 mil empregos. A mudança de estratégia de Kerkhoff ocorre apenas sete meses depois de o executivo ter dito aos investidores que dividir a empresa era o melhor caminho a seguir.

"É claro que a antiga estratégia da Thyssenkrupp fracassou", disse Lars Forberg, sócio fundador da Cevian Capital, da Suécia, segundo maior acionista da siderúrgica. "Todos os interessados agora acreditam que uma direção fundamentalmente nova é urgentemente necessária".

A empresa enfrentou intensa turbulência no ano passado e as ações são negociadas perto do nível mais baixo desde 2003. A Thyssen está sob pressão de investidores ativistas como Cevian, que defendeu a divisão como uma maneira de resolver um modelo de negócios excessivamente complicado, que inclui desde submarinos até engenharia.

É hora de "apertar o botão reset", disse Kerkhoff, que assumiu a presidência da empresa no ano passado.

A Thyssenkrupp decidiu rever um plano anterior para desmembrar as operações de aço e formar uma joint venture com a Tata Steel depois de avaliar que os reguladores provavelmente rejeitariam a proposta.

--Com a colaboração de Eyk Henning.

Repórteres da matéria original: Christoph Rauwald em Frankfurt, crauwald@bloomberg.net;Mark Burton em Londres, mburton51@bloomberg.net;William Wilkes em Frankfurt, wwilkes1@bloomberg.net