PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Gestora BlueLine recruta ex-JPMorgan Kurimori para mesa de juros

Felipe Marques

16/05/2019 07h00

(Bloomberg) -- A BlueLine Asset Management atraiu mais um ex-executivo do JPMorgan para seu time, o quarto nome vindo do banco americano a se juntar a gestora de fundos.

Alberto Kurimori, que negociava câmbio e taxas de juros do Brasil no JPMorgan, será sócio e responsável pela mesa juros da BlueLine, segundo Giovani Silva, que fundou a gestora. Silva, o responsável por moedas da América Latina e mercados emergentes no banco, disse que a BlueLine lançará seu primeiro fundo até o final de maio.

A BlueLine tem uma equipe de 16 pessoas, incluindo Fabio Akira Hashizume, outro veterano do JPMorgan que comandará o departamento de pesquisa. Luciano Brandão, ex-diretor da mesa de renda variável do Banco Santander Brasil, vai operar ações, e Alysson Lima, também egresso do Santander, será responsável por câmbio. Guilherme Jardim, anteriormente no Banco Bocom BBM, será o diretor de operações da empresa.

A BlueLine também contratou Laura Karpuska, que passou quatro anos como economista do JPMorgan, para trabalhar sob o comando de Hashizume, com foco em países latino-americanos que não o Brasil. Ela entrou para a empresa em fevereiro, de acordo com seu perfil no LinkedIn. A equipe de pesquisa inclui também Diogo Saraiva, que será responsável pelo monitoramento dos mercados desenvolvidos. Saraiva trabalhou na SPX Capital desde 2016, de acordo com seu perfil no LinkedIn.

A BlueLine vai operar em todos os mercados da América Latina, mantendo o foco em Brasil, disse Silva em abril. A empresa tem capacidade para administrar até R$ 3,5 bilhões.

A BlueLine faz parte de uma safra de novos fundos brasileiros criados por egressos de grandes bancos, que abriram suas próprias empresas buscando atender investidores de varejo atrás de maiores retornos.