PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Gestora BlueLine recruta ex-JPMorgan Kurimori para mesa de juros

Felipe Marques

16/05/2019 07h00

(Bloomberg) -- A BlueLine Asset Management atraiu mais um ex-executivo do JPMorgan para seu time, o quarto nome vindo do banco americano a se juntar a gestora de fundos.

Alberto Kurimori, que negociava câmbio e taxas de juros do Brasil no JPMorgan, será sócio e responsável pela mesa juros da BlueLine, segundo Giovani Silva, que fundou a gestora. Silva, o responsável por moedas da América Latina e mercados emergentes no banco, disse que a BlueLine lançará seu primeiro fundo até o final de maio.

A BlueLine tem uma equipe de 16 pessoas, incluindo Fabio Akira Hashizume, outro veterano do JPMorgan que comandará o departamento de pesquisa. Luciano Brandão, ex-diretor da mesa de renda variável do Banco Santander Brasil, vai operar ações, e Alysson Lima, também egresso do Santander, será responsável por câmbio. Guilherme Jardim, anteriormente no Banco Bocom BBM, será o diretor de operações da empresa.

A BlueLine também contratou Laura Karpuska, que passou quatro anos como economista do JPMorgan, para trabalhar sob o comando de Hashizume, com foco em países latino-americanos que não o Brasil. Ela entrou para a empresa em fevereiro, de acordo com seu perfil no LinkedIn. A equipe de pesquisa inclui também Diogo Saraiva, que será responsável pelo monitoramento dos mercados desenvolvidos. Saraiva trabalhou na SPX Capital desde 2016, de acordo com seu perfil no LinkedIn.

A BlueLine vai operar em todos os mercados da América Latina, mantendo o foco em Brasil, disse Silva em abril. A empresa tem capacidade para administrar até R$ 3,5 bilhões.

A BlueLine faz parte de uma safra de novos fundos brasileiros criados por egressos de grandes bancos, que abriram suas próprias empresas buscando atender investidores de varejo atrás de maiores retornos.

PUBLICIDADE