PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Diego Ferro deixa Greylock Capital Management

Ben Bartenstein

20/05/2019 13h04

(Bloomberg) -- Diego Ferro deixou o hedge fund Greylock Capital Management, com sede em Nova York, depois de uma década na empresa especializada em ativos subvalorizados ou em dificuldades e de alto rendimento nos mercados emergentes.

Ferro, 52 anos, que foi co-diretor de investimento do fundo, saiu no mês passado, segundo uma carta de 23 de abril dirigida a investidores, a que Bloomberg teve acesso. O comitê de investimento da Greylock, com Hans Humes, AJ Mediratta e Jonathan Prin, assumirá as funções de Ferro. Antes de trabalhar na Greylock, Ferro esteve no Goldman Sachs Group, no Morgan Stanley e no Lehman Brothers.

Nos últimos anos, Ferro vinha chamando atenção para oportunidade de investimento em títulos da dívida de sua terra natal, Argentina, assim como do Brasil e da Venezuela, mesmo nos meses que antecederam o default da dívida externa deste último.

Martin Ganda, que ajudou a supervisionar a estratégia de renda fixa da Greylock na África, deixou a empresa em março, para fundar a sua própria.

Humes, CEO da Greylock, não quis comentar. Ferro não respondeu aos pedidos de comentário.

--Com a colaboração de Jose Enrique Arrioja.