PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Trabalhistas prometem novo referendo Brexit se houver eleições

Timothy Ross e Emma Ross-Thomas

26/07/2019 14h53

(Bloomberg) -- Líderes do Partido Trabalhista, maior legenda de oposição do Reino Unido, preparam uma campanha estratégica para reverter a votação do Brexit de 2016 e manter o país na União Europeia, caso uma eleição antecipada for realizada nos próximos meses.

O manifesto do Partido Trabalhista para uma eleição já está sendo elaborado e deve incluir a proposta de outro referendo sobre a adesão à UE. O partido fará campanha pela permanência no bloco, disseram pessoas a par do assunto.

O partido planeja uma campanha nos próximos meses contra o novo primeiro-ministro Boris Johnson para capitalizar os temores dos eleitores sobre o impacto que um Brexit sem acordo teria sobre os empregos e serviços estatais, como assistência médica.

Embora o manifesto ainda não tenha sido aprovado pelos líderes do Partido Trabalhista, a promessa de permanecer seria implementada se Johnson for forçado a uma pesquisa de emergência por não conseguir que seu plano para o Brexit seja aprovado no Parlamento, disseram as pessoas, que pediram anonimato.

Três anos depois de o Reino Unido ter aprovado a saída da UE em um referendo apertado, o país ainda está longe de um acordo negociado que seja aceitável tanto para o próprio Parlamento quanto para o bloco.

Enquanto o tempo se esgota antes do prazo final de 31 de outubro para a saída da UE, Johnson endurece a posição do governo e coloca o país em pé de guerra para uma ruptura sem acordo.

Repórteres da matéria original: Timothy Ross em Londres, tross54@bloomberg.net;Emma Ross-Thomas em Manchester, erossthomas@bloomberg.net