PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Startup chinesa de vídeos, avaliada em US$ 25 bi, prepara IPO

Crystal Tse e Lulu Yilun Chen

12/09/2019 13h30

(Bloomberg) -- A startup chinesa Kuaishou estuda abrir capital nos Estados Unidos para financiar sua expansão na transmissão de vídeos curtos e enfrentar a concorrência da ByteDance, que controla o aplicativo TikTok, segundo pessoas a par do assunto.

A empresa, financiada pela Tencent Holdings, planeja um IPO em 2020, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. Uma pessoa disse que a Kuaishou também considerou a possibilidade de realizar a oferta pública inicial este ano. A startup de vídeos está captando mais de US$ 1 bilhão com um valuation US$ 25 bilhões em uma rodada pré-IPO, principalmente com a Tencent, segundo uma das fontes.

A Kuaishou é uma parte importante da estratégia da gigante chinesa de mídia social Tencent para competir com a ByteDance, que agora é a startup mais valiosa do mundo. A Tencent destinou muitos recursos para montar uma biblioteca de ofertas de vídeos curtos - essenciais para prender a atenção dos usuários e aumentar a receita de publicidade -, mas ainda está em desvantagem em relação à ByteDance.

"O maior inimigo da Tencent agora é a ByteDance", disse David Dai, analista do Bernstein, em Hong Kong. "A Tencent não teve muito sucesso em vídeos curtos no passado, portanto, procurar investir em outras empresas é a melhor opção."

Para contatar a editora responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Repórteres da matéria original: Crystal Tse em Hong Kong, ctse44@bloomberg.net;Lulu Yilun Chen em Hong Kong, ychen447@bloomberg.net