PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Maior parque eólico do mundo poderá ser mais barato que carvão

William Mathis

20/09/2019 12h32

(Bloomberg) -- O maior parque eólico offshore do mundo, planejado na costa da Inglaterra, deve gerar energia mais barata do que a queima de carvão na próxima década.

Vários projetos eólicos em alto-mar fecharam contratos para vender energia a preços fixos em um leilão no Reino Unido na sexta-feira. O preço de 39,65 libras por megawatt-hora (US$ 49,70) ficou 31% abaixo do nível em um leilão semelhante há dois anos.

A queda dos preços mostra como a energia eólica offshore, que há apenas alguns anos era uma tecnologia de nicho mais cara que os reatores nucleares, está mudando o modelo econômico de energia em todo o mundo. Tanto concessionárias quanto grandes empresas de energia planejam gastar US$ 448 bilhões até 2030 para aumentar a capacidade em oito vezes, de acordo com a BloombergNEF.

Projetos de incorporadoras, que incluem SSE, Equinor e Innogy, venceram contratos de compra de energia eólica offshore que terão capacidade para gerar até 5,5 gigawatts de energia, segundo o governo britânico. Isso inclui um projeto conjunto SSE-Equinor na costa leste da Inglaterra para construir o maior parque eólico offshore do mundo.

"Os resultados do leilão hoje mostram que a energia eólica offshore está alinhada com os preços atuais de energia: já é competitiva com as usinas de combustíveis fósseis existentes, sem falar nos novos combustíveis fósseis", disse Deepa Venkateswaran, analista do Sanford C. Bernstein & Co., em Londres. "No próximo leilão em 2021, veremos que os custos ficarão bem abaixo do preço das usinas de combustíveis fósseis existentes."

--Com a colaboração de Mikael Holter.

Para contatar a editora responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net