PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Grupo de países promete proteger cadeia de suprimentos

Michelle Jamrisko

25/03/2020 07h08

(Bloomberg) -- Um grupo de países da Ásia-Pacífico, Canadá e Chile se comprometeu a fazer o possível para manter as cadeias de suprimentos abertas e conectadas diante da ameaça de recessão global provocada pela pandemia de coronavírus.

Os governos disseram que "estão comprometidos em manter cadeias de suprimentos abertas e conectadas" como parte de um esforço coletivo para combater o vírus, de acordo com comunicado conjunto de autoridades da Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Mianmar, Nova Zelândia e Cingapura.

O grupo concordou em não impor controles de exportação ou tarifas e barreiras não tarifárias às mercadorias. Também afirmou a importância de remover quaisquer medidas restritivas de comércio sobre produtos essenciais, como suprimentos médicos.

"Também trabalharemos em estreita colaboração para identificar e resolver as interrupções no comércio com ramificações no fluxo de necessidades", disseram autoridades do ministério do comércio e outros departamentos em seus países de origem.

Cingapura havia iniciado uma declaração ministerial conjunta com a Nova Zelândia e, desde então, trabalha com outros países com ideias semelhantes para facilitar o livre comércio.

©2020 Bloomberg L.P.