PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

BTG fecha hedge fund de volatilidade e gestor em Londres sai

Viren Vaghela e Nishant Kumar

09/04/2020 14h44

(Bloomberg) -- O braço global de hedge fund do Banco BTG Pactual fechou um fundo com foco em volatilidade e produtos exóticos complexos para se concentrar na negociação de taxas de juros.

O fundo Global Derivatives Opportunities do BTG, que possuía US$ 161 milhões em ativos no fim do ano passado, foi fechado no fim de março e devolveu o dinheiro aos investidores, segundo confirmado por um representante da empresa. Steve Jacobs, presidente do conselho da BTG Pactual Asset Management, disse por telefone que a decisão de fechar o fundo foi tomada em janeiro porque o desempenho estava abaixo do esperado e as negociações com volatilidade não eram mais o foco.

A empresa decidiu se concentrar nos hedge funds com negociações de juros, onde tem sido bem-sucedida, disse. Em janeiro, Benjamin Clerget, gestor do fundo e responsável por trading no escritório de Londres, também concordou em sair quando o fundo fosse fechado, disse por telefone.

O fundo, conhecido como GDO, registrou baixa de 12,45% em março, levando as perdas no primeiro trimestre para mais de 13%, segundo carta aos investidores vista pela Bloomberg. O fundo perdeu 4,4% em 2019. Outra carta mostrou que o GDO teve ganho de 4,9% em 2018.

"O trading global de juros está no DNA do BTG Pactual e tem sido o núcleo de nosso desempenho na última década, por isso nosso foco nas negociações de juros daqui para frente", disse Jacobs.

O GDO aumenta a lista de fundos fechados neste ano. Nos últimos anos, os fundos de volatilidade foram atingidos pela baixa oscilação dos preços, enquanto a turbulência provocada pela pandemia de coronavírus trouxe excesso de volatilidade, tendo afetado vários fundos com movimentos exagerados. A LMR Partners vai fechar dois de seus fundos, enquanto o Malachite Capital Management, hedge fund fundado por ex-traders do Goldman Sachs com foco na volatilidade do mercado acionário, também planeja o encerramento.

A gestora de hedge fund sueca Bodenholm Capital disse no mês passado que vai fechar e retornar capital aos investidores.

©2020 Bloomberg L.P.