PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Braço do Le Pain Quotidien nos EUA pede recuperação judicial

Jeremy Hill

27/05/2020 13h34

(Bloomberg) -- O braço americano da cadeia de panificação Le Pain Quotidien entrou com pedido de recuperação judicial em Delaware, com planos de colocar-se à venda por US$ 3 milhões, a fim de evitar um fechamento definitivo, mostram documentos judiciais.

O pedido permite que o Le Pain Quotidien realize uma venda planejada para Aurify Brands, o que requer aprovação do tribunal. Sem a venda, a empresa teria que liquidar suas 98 lojas nos Estados Unidos, disse Steven Fleming, diretor de reestruturação da firma, em declaração oficial à Justiça.

As vendas da rede caíram em meio à forte concorrência e à falta de investimentos em suas lojas, mesmo antes da pandemia do Covid-19 forçar o fechamento de todas as suas unidades nos EUA, disse Fleming. O braço norte-americano registrou uma perda de quase US$ 17 milhões, em US$ 153 milhões em vendas no ano passado.

Fundada na Bélgica em 1990, a Le Pain Quotidien - que significa "o pão do dia" em francês - abriu sua primeira loja nos EUA em 1997 e desde então se tornou uma visão familiar em Manhattan. A venda para a Aurify manteria pelo menos 35 lojas abertas e conservaria 1.000 empregos, de acordo com os documentos no tribunal.

O "pai" da rede, PQ Licensing, iniciou sua própria reestruturação em Bruxelas em 22 de maio, segundo os documentos na Justiça.

A Aurify, que opera marcas como Melt Shop e Fields Good Chicken, concordou em fornecer ao Le Pain Quotidien US$ 3 milhões em financiamento para a recuperação judicial e assumir algumas de suas dívidas, mostram documentos do processo judicial.

©2020 Bloomberg L.P.